Petlove recebe aporte da Globo Ventures

O maior comércio eletrônico de produtos para cachorros e gatos do país e com um valor de mercado estimado em US$ 3,5 bilhões.

Globo Ventures

A Globo Ventures, braço de investimentos da família Marinho, agora faz parte do quadro societário da Petlove,

Segundo o Valor Econômico,

a “rodada é um misto de injeção de caixa e uma parcela em ‘media for equity’, mas a parcela de caixa também será comprometida com o uso de um volume mínimo para aquisição de mídia”

Mãe, eu tô na Globo!

Sim, a primeira inserção publicitária da marca será feita no último capítulo da novela Pantanal (08/10).

E quais são os números da Petlove? 

1. Plano de Saúde: o número de pets assegurados deve chegar a 150.000 até dezembro deste ano, um crescimento de 275% em relação a dezembro de 2021;

2. Base de clientes recorrentes: 

Com planos de entrega de produtos por assinatura, a projeção é de chegar a 450.000 até o final do ano.

3. Faturamento:

Entre R$ 1,1 e R$ 1,2 bilhão para 2022, que corresponde a um aumento de 50% comparado a 2021. "Estamos com um crescimento exponencial”, foi o que disse a CEO Talita Lacerda.

Visão Panorâmica: 

O mercado pet segue forte e mostrando-se muito promissor aqui no Brasil.  Só no primeiro semestre deste ano, “foram 18.278 empresas abertas voltadas ao comércio varejista de animais vivos e artigos em geral para animais de estimação”.

Visão Panorâmica: 

Em 2021, a receita do setor (produtos, serviços e comércio) ultrapassou os R$ 51 bilhões, sendo que 55% desse montante corresponde ao segmento de pet food.

Visão Panorâmica: 

No final de 2021, o Brasil tinha 149,6 milhões de animais de estimação, um aumento de 3,7% em relação a 2020, segundo o Instituto Pet Brasil (IPB).  Ou seja, se esse número seguir crescendo, é bem provável que os da Petlove e de outras empresas do segmento também o façam.

Ficou inspirado? Não pare por aqui.

Receba esse e os melhores conteúdos diretamente no seu e-mail. Se inscreva no G4 NEWS

29/09/2022