Tudo sobre Gestão 4.0

O que é mentoria: o aconselhamento que pode catapultar sua empresa

Receber suporte e orientação de mentores de sucesso, com track record e know-how em suas respectivas áreas, é uma das melhores oportunidades para guiar sua empresa na direção do sucesso.

Todo empreendedor que sabe o que é mentoria e já recorreu a essa alternativa conhece sua importância e provavelmente não trocaria este momento em sua trajetória. Por outro lado, quem ainda não teve a oportunidade de ser mentorado por um especialista não consegue mensurar a relevância dessa prática.

A participação em uma mentoria é extremamente importante para quem deseja trilhar o melhor caminho possível em sua jornada, o que pode fazer com que a empresa evite passar por determinadas dificuldades e desafios e, além disso, proporcionar um crescimento ainda mais significativo.

Uma pesquisa feita pela CB Insights, baseada em 111 análises dos motivos que levaram startups à falência, compilou quais foram as principais razões apontadas pelos empreendedores. Os resultados foram os seguintes, considerando que era possível escolher mais de uma opção e que, portanto, o total excede os 100%:

  • O dinheiro acabou / não foi possível levantar mais capital: 38%
  • Não havia necessidade de mercado: 35%
  • Foi superada pela concorrência: 20%
  • Modelo de negócios falho: 19%
  • Desafios regulatórios e legais: 18%
  • Problemas com custo e precificação: 15%
  • A equipe não era a ideal: 14%
  • Timing errado para o produto: 10%
  • Produto de baixa qualidade: 8%
  • Desarmonia entre a equipe e/ou os investidores: 7%
  • As estratégias não foram pivotadas corretamente: 6%
  • Esgotamento e/ou falta de paixão: 5%

Dado que essas não são suposições, mas sim os motivos apontados pelos próprios empreendedores para a falência de suas startups, além do fato de que o público respondente foi de 111 empresas, temos aqui informações altamente relevantes para todos aqueles que desejam chegar ao sucesso.

Tudo isso, portanto, pode ser levado em consideração no dia a dia da sua empresa para que ela evite cometer os mesmos erros.

Porém, existe algo que poderia ter feito muitas dessas startups – inclusive a sua – evitarem os erros mencionados, bem como tantos outros a que todas estão sujeitas: bons conselhos.

É justamente aí que entra o conceito de mentoria, capaz de ajudar negócios de todos os portes e segmentos a atingirem o sucesso e a fazerem eventuais correções de rota para otimizar seus resultados.

O que é mentoria empresarial?

A mentoria empresarial consiste em um aconselhamento feito com especialistas de expertise e know-how comprovados em seus respectivos segmentos que ajudam outros empreendedores em suas jornadas, sempre com o intuito de trazer os melhores resultados possíveis, tanto organizacionais quanto financeiros.

A jornada de um empreendedor é repleta de desafios. Da concepção de uma boa ideia ao encontro do Product-Market Fit e, enfim, ao primeiro mês com as receitas maiores que as despesas, são muitos momentos de tensão e indecisão acerca do futuro daquele negócio.

De fato, há casos em que os desafios são superados com maior facilidade e permitem que a empresa entre rapidamente nos trilhos. Por outro lado, também há situações em que o crescimento fica aquém do esperado e, então, fazem com que o empreendedor repense se realmente vale a pena continuar ou não.

Independentemente de qual seja a realidade atual da empresa, bons conselhos são sempre muito bem-vindos. Assim como na vida pessoal, em que há aqueles com mais experiência que são capacitados para instruir os mais jovens, o mesmo princípio também se aplica no cenário empreendedor.

Porém, a grande diferença está no fato de que o que realmente conta para que um mentor possa ajudar seu mentorado não depende tanto de sua idade, mas sim de quão bem-sucedido ele é. Logo, o que pesa mais é o track record.

Portanto, é isso o que significa mentoria empresarial: um mentor com track record aproveita os conhecimentos e experiências adquiridos ao longo de sua trajetória para auxiliar outros empreendedores na condução de seus negócios.

É por isso que a mentoria é uma ferramenta tão importante. Afinal, ao invés de ter que adquirir tais conhecimentos passando por uma série de desafios, os empreendedores conseguem obtê-los de quem já passou por eles e foi muito bem-sucedido na continuidade de seus negócios.

Qual é a diferença entre mentoria e consultoria?

Ao analisar a definição de mentoria, pode parecer que ela apresenta algumas semelhanças com o conceito de consultoria. Porém, há alguns pontos importantes que as diferenciam.

Basicamente, a mentoria exerce o papel de um advisor, que entende as dores e necessidades do mentorado e busca aconselhá-lo de acordo com as experiências do mentor,. Em posse dessas informações, o mentorado pode colocá-las em prática da maneira que achar melhor.

A consultoria, por sua vez, tem uma abordagem diferenciada, mais focada em um problema específico, não em pontos holísticos, além de geralmente atuar também no planejamento e na execução da solução proposta.

Portanto, podemos resumir dizendo que a mentoria resulta em uma verdadeira troca de ideias e opiniões e, consequentemente, em um momento muito enriquecedor, especialmente para o mentorado, ao passo que a consultoria é menos flexível e mais específica.

Por que a mentoria é importante?

Há vários pontos que podem ser destacados aqui em relação à importância de um bom programa de mentoria, como os seguintes:

Contato com outras pessoas na jornada empreendedora

Não é raro encontrar empreendedores que se sentem sozinhos em suas trajetórias. Afinal, eles se empenham bastante para que seus planos possam se transformar em realidade, o que demanda dedicação e esforço, e nem sempre há outras pessoas para acompanhá-lo.

Com a mentoria, ele consegue conversar sobre o seu negócio com quem está preparado e apto a ouví-lo, o que por si só já pode aliviar significativamente essa tensão e fazer com que ele consiga continuar de uma maneira mais tranquila.

Trocas de experiências

De maneira complementar ao que foi citado anteriormente, a tão bem-vinda troca de experiências nem sempre se torna possível, seja porque as pessoas de seu círculo social não estão envolvidas em projetos similares ou pelo fato de quem está na mesma trajetória não é alguém com quem o empreendedor tenha tanta afinidade.

Quem sabe o que é mentoria entende como essa troca de experiências é muito válida. Além de expressar sua opinião e dizer o que pensa e sente sobre o futuro de seu negócio, ele também poderá ouvir dicas e sugestões importantes para a sua trajetória.

No final das contas, ambas as partes são beneficiadas, pois até mesmo mentores de sucesso conseguem aprender durante a interação com seus mentorados e, com isso, melhorar ainda mais na gestão de seus negócios.

Leia também: O que é gestão? Conheça as principais metodologias e mais

Obtenção de conselhos comprovadamente eficazes

O termo “conselho” e seus sinônimos já foram bastante mencionados neste conteúdo. Porém, é sabido que nem todos os conselhos são bons, e até aqueles que parecem positivos em um primeiro momento podem não agregar tanto à empresa.

Em outras palavras, para que um conselho seja válido, é importante que ele seja trazido por alguém que realmente entende do assunto, ou seja, tenha o já comentado track record.

É também por isso que uma boa mentoria empresarial é tão positiva. Afinal, quem está aconselhando seu mentorado é uma pessoa com expertise em sua área de atuação, o que significa que ela sabe, na prática, o que realmente funciona e quais são os problemas e dificuldades mais comuns para um empreendedor.

Prática validada no meio empreendedor e empresarial

Uma das melhores maneiras de entender se uma estratégia funciona é buscar saber se ela já foi aplicada alguma vez e quais foram os resultados obtidos, o que funciona como um verdadeiro benchmarking.

Neste sentido, cabe destacar que muitos empreendedores hoje sabem o que é mentoria e o quão transformadora ela pode ser pelo fato de ela ser comum em um dos melhores e mais conhecidos lugares para a criação e o desenvolvimento de startups: o Vale do Silício.

Por ser uma região que reúne milhares de startups (pelo menos 40 mil, de acordo com a Startup Genome), a concentração de know-how e track record é altíssima. Um artigo da Inc., de autoria do empresário, escritor e professor Peter Cohan, tem um título bem apropriado: “How Silicon Valley Mentors Turn Engineers Into CEOs”.

Vale ressaltar que as mentorias do Vale do Silício podem ser feitas de várias formas, tanto gratuitamente quanto via board members (membros do conselho) ou mesmo via advisors, especialmente quando a pessoa já está em um nível muito elevado.

Logo, se a prática é adotada em um lugar que respira inovação e empreendedorismo como o Vale do Silício, sua eficácia fica mais que comprovada, inclusive para aplicação em outros lugares ao redor do mundo.

Como funciona a mentoria nos cursos do G4 Educação?

O G4 Educação se orgulha em oferecer mentorias em nossos cursos presenciais, seguindo todas as diretrizes já apontadas neste conteúdo, ou seja, trazendo apenas quem realmente tem track record e know-how de sobra.

Os cursos presenciais do G4 Educação que contemplam mentorias são os seguintes:

O funcionamento é bem simples: durante as imersões, os participantes separam, previamente, dúvidas específicas para perguntarem aos mentores que são mais especialistas naquela respectiva área, sempre com toda a orientação prévia da equipe do G4 Educação.

Então, quando chegar o momento da mentoria, os mentorados levam tais perguntas diretamente aos mentores, que poderão participar desta troca enriquecedora e, assim, ter melhores ideias sobre como agir para atingir os melhores resultados possíveis.

Esses são momentos únicos e marcantes na vida dos empreendedores, os quais certamente agregarão em sua vida profissional e até pessoal.

Inclusive, cabe ressaltar que os interessados em participar das imersões e mentorias do G4 Educação precisam passar por um processo seletivo para analisar se estão no estágio ideal em seus negócios.

Com este alinhamento, a experiência será a melhor possível para o empreendedor ou gestor, já que estará em um estágio em que os conteúdos aprendidos já poderão ser assimilados.

Quem são os mentores do G4 Educação?

Alfredo Soares, Bruno Nardon, Tallis Gomes e Dennis Wang, alguns dos mentores do G4 Educação.

Quando mencionamos mentores de sucesso, é realmente isso que acontece. A seleção dos mentores é feita de maneira criteriosa, sempre de acordo com sua experiência, vivência prática e resultados obtidos. Alguns dos mentores do G4 Educação são os seguintes:

  • Alfredo Soares: fundador e mentor do G4 Educação e presidente da Loja Integrada, também é VP Institucional da VTEX e fundador e ex-CEO da Xtech Commerce. Referência em vendas, sua atuação resultou no IPO da VTEX em julho de 2021. Alfredo também é palestrante e escreveu dois livros: “Bora Vender” e “Bora Varejo”.
  • Bruno Nardon: fundador e mentor do G4 Educação, fundador da Norte Ventures, co-fundador e ex-presidente da Rappi Brasil e co-fundador da Kanui. Especialista em Growth Hacking, também é palestrante e investidor anjo em mais de 20 startups.
  • Tallis Gomes: fundador e mentor do G4 Educação, fundador e CEO da Singu e fundador e ex-CEO da Easy Taxi. Especialista em gestão, esteve presente na primeira edição da Forbes Under 30 Brasil e foi eleito o empreendedor mais inovador do mundo pelo MIT em 2017, além de ser palestrante e membro do conselho da Espaçolaser, do Grupo Hope e da Transpes e de ter escrito o livro “Nada Easy”.
  • Dennis Wang: mentor do G4 Educação, partner da Igah, Ventures, ex-VP de operações do Nubank e ex-co-CEO da Easy Taxi. Referência em Customer Experience (CX), tem várias experiências de altíssimo nível em sua trajetória, com destaque para o período em que trabalhou no Nubank, empresa reconhecida pela excelência no atendimento ao cliente.
  • Paulo Orione: mentor do G4 Educação, ex-CGO da CreativeDrive e ex-Co-Founder e COO da Decora. Quando estava na Decora, foi fornecedor de empresas enormes, como Tok&Stok, Walmart, Target e Home Depot. Referência em vendas corporativas, trouxe ao varejo escala na criação de conteúdo visual e teve sua empresa adquirida pela CreativeDrive por US$ 100 milhões.

Esses são apenas alguns dos mentores de sucesso do G4 Educação, que proporciona uma chance de empreendedores terem trocas de ideias e insights com alguns dos maiores empresários do Brasil, envolvidos na criação e no crescimento de negócios bilionários.

No Gestão 4.0 Imersão e Mentoria, por exemplo, os mentorados podem participar de mentorias com Alfredo Nardon, Bruno Soares e Tallis Gomes, fazendo a cada um deles perguntas relacionadas aos seus assuntos de maior especialidade – neste caso, vendas, Growth e gestão.

Essa é uma troca sem precedentes. Afinal, não é sempre que se tem a oportunidade de aprender sobre vendas com quem já participou de um IPO, sobre Growth com quem fundou um dos apps de delivery de maior sucesso no Brasil ou sobre gestão com quem teve sua startup avaliada em US$ 1 bilhão.

Programa de mentoria do G4 Educação: uma oportunidade única

O G4 Educação já teve mais de 60 programas presenciais de educação executiva, tendo como clientes empresas como Facebook, Oracle, Ambev, Itaú e Natura. Sem dúvidas, a mentoria é um dos momentos mais marcantes para os empreendedores, que têm acesso a referências do mais alto calibre para sua orientação.

Se você entendeu o que é mentoria e se interessou em participar, conheça nossas imersões e mentorias para empreendedores e tenha a oportunidade de aprender conteúdos práticos e aplicáveis com quem realmente sabe como fazer, além de receber aconselhamentos que podem transformar o futuro do seu negócio.