Artigos, Gestão

Mercado digital, negócios, cultura e política: Papo de Gestão com Ícaro de Carvalho, fundador do “O Novo Mercado”


Ícaro de Carvalho

Neste episódio do podcast “Papo de Gestão com Tallis Gomes”, Ícaro de Carvalho, fundador do O Novo Mercado (escola de marketing digital que já conta com mais de 30 mil alunos) e um dos principais nomes da internet, fala sobre a sua experiência e sua trajetória no empreendedorismo, perpassando temas como família, home office, política, alimentação e esportes para alcançar a mais alta performance.

Sabe o que a Brasil Paralelo, O Código da Riqueza e Avenue Securities têm em comum? Todas essas companhias tiveram à frente de seu marketing digital a presença e a atuação de Ícaro de Carvalho para alavancarem os seus resultados.

Além disso, com uma webcam e um computador simples, Ícaro começou um movimento que transformaria a sua vida para sempre.

A criação da sua escola de negócios digitais – “O Novo Mercado” – passou a compartilhar não só conhecimento, como os passos daquele que se tornaria um dos maiores nomes do marketing digital brasileiro – criador do termo “empreendedorismo de palco”, que critica o mundo das aparências que se vê na internet.

De certificações, comunidade e aulas ao desenvolvimento de um ecossistema, atualmente, mais de 150 mil alunos já foram impactados pela sua plataforma que é, hoje, um negócio que fatura múltiplos milhões de reais por ano e conta com mais de 80 colaboradores.

Dito isso, separamos os principais ensinamentos desse episódio que mostra como é possível prosperar e conquistar um negócio lucrativo e perene nesse país que, nas palavras do empreendedor, “é uma proeza digna de um herói”.

#1 – O incentivo pessoal do seu colaborador deve estar alinhado com o objetivo geral da sua companhia

Segundo Ícaro, uma das maiores dificuldades de quem empreende no Brasil é a captação e retenção de talentos para um negócio.

Isso porque o país vive um paradoxo entre uma forte escassez de mão de obra qualificada e, ao mesmo tempo, uma alta taxa de desemprego.

Assim, empresas com perfil mais inovador já começaram a procurar alternativas aos métodos de contratação tradicionais e formas de incentivar e manter funcionários, através de opções de ações e oportunidades de desenvolvimento de carreira.

Além disso, essa é uma virada de chave essencialmente útil em um mundo cada vez mais globalizado e hiperconectado em que as empresas brasileiras estão competindo por material humano com empresas estrangeiras, especificamente empresas europeias, que possuem leis e regulamentos de trabalho mais interessantes, tornando difícil competir com elas.

É importante ir além de salário e benefícios e buscar programas de incentivos mais elásticos, como stock option e plano de desenvolvimento individual (PDI) para alinhar os sonhos e anseios do seu colaborador com as metas e objetivos gerais da companhia.

#2 – Qual a relação entre religião e riqueza para o cristão?

De acordo com o entrevistado, que professa a fé católica, o cristianismo ensina a ser mais responsável com a riqueza.

Em se tratando mais especificamente das diferenças entre as culturas católicas e protestantes, contextos protestantes, como os Estados Unidos, valorizam a propriedade privada e a riqueza individual mais do que as culturas católicas, o que eles atribuem à natureza descentralizada do protestantismo e ao ênfase na leitura e educação nas tradições protestantes.

Além disso, o catolicismo tende a ver a riqueza com mais precaução e como algo que pode trazer desafios e responsabilidades para o indivíduo. Jesus aponta que:

“(…) é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus”

Mt 19:22-24

Resumidamente, conforme o trecho bíblico acima mencionado, o cristianismo em geral tem uma mensagem para as pessoas que vivem um estilo de vida materialista, de que a riqueza não é o objetivo final e pode tornar a entrada no céu mais difícil se não for administrada com equilíbrio, prudência e solidariedade, razão pela qual os conceitos discutidos (religião e riqueza) são amplamente compatíveis e conciliáveis.

Por fim, tais valores foram fundamentais para o desenvolvimento econômico do Ocidente. Uma vez que o cristianismo enfatizou a responsabilidade individual e a ética do trabalho duro, levando a uma maior valorização da iniciativa empresarial e incentivando à alfabetização e à educação.

#3 – O papel da família na construção de prosperidade

Filho é fábrica de humanidade e me salvou de muitos problemas e decisões erradas que eu tomaria.

Ícaro de Carvalho, fundador do O Novo Mercado

A construção de uma família na vida de um indivíduo, especialmente no que diz respeito às suas escolhas e comportamentos, é decisivo para Ícaro de Carvalho.

Nesse bate-papo, ele expressa a sua gratidão à esposa e filhos por salvá-lo, nas palavras do ensaísta G. K. Chesterton , “da ditadura que é viver para si mesmo” e “da ditadura que é viver obedecendo apenas os seus desejos”.

Dessa forma, ter uma família o obriga, diariamente, a ser mais responsável, generoso, amável, paciente e equilibrado, tendo-o ajudado a parar de fumar e beber com o nascimento do seu primeiro filho e começado a se movimentar.

Além disso, a paternidade gerou um efeito cascata e um círculo virtuoso de novas perspectivas sobre a vida, como cultivar valores no desenvolvimento dos filhos, entender o papel e a presença do pai e, também, impactando diretamente nas suas habilidades de gestão e liderança à frente de um negócio bem-sucedido.

#4 – A importância de treinar e melhorar a saúde constantemente

Tallis e Ícaro destacam a importância de se ter um propósito e manter a boa saúde como componentes-chave para alcançar o sucesso em todas as esferas da vida.

Hoje eu tenho certeza absoluta que o que salvou a minha cabeça e o meu espírito, fora fé e família, foi ter começado a melhorar a minha saúde.

Ícaro de Carvalho, fundador do O Novo Mercado

Mais que isso, ambos contrastam essa lição com a armadilha vivenciada por muitos executivos bem-sucedidos de valorizar unicamente as posses materiais como sistema de recompensa.

Como praticantes de Jiu-Jitsu, ilustram o esporte como válvula de escape e ferramenta de interação social e experiências diversas, como a possibilidade de ser só mais um e treinar com pessoas de diferentes origens e status sociais.

Assim, a prática constante de atividade física ajuda a alcançar o alto desempenho, pois são desenvolvidas habilidades essenciais como trabalhar em equipe, gerenciar o tempo, desenvolver estratégias, pensar de forma criativa e trabalhar sob pressão.

Além disso, uma grande vantagem para a carreira, é o fato de aumentar o networking e a confiança em si próprio.

#5 – O porquê Ícaro de Carvalho mudou de opinião em relação ao home office

Ícaro admite que era contra o radicalismo de Tallis sobre a necessidade da volta ao trabalho presencial, pois sempre acreditou que a sua empresa tinha que ser capaz de rodar 100% remotamente e se sustentar sem um variedade de custos que não precisariam ser assumidos.

No entanto, quando teve a oportunidade de abrir o seu primeiro escritório físico em Santos, percebeu a diferença de rendimento e de engajamento de seus colaboradores.

Hoje, eu defendo que eu não consigo encontrar qualidade suficiente no trabalho remoto que desabone o trabalhe presencial.

Ícaro de Carvalho, fundador do O Novo Mercado

Além das dificuldades de se criar uma cultura forte e pulsante no home office, ele aumenta os silos dentro de uma organização e inviabiliza o desenvolvimento de pessoas.

Isso porque, apesar de várias pessoas conseguirem produzir nesse sistema, elas o fazem apenas em cima do que já sabem. Porém, grande parte de um trabalho acontece em cima do que você não sabe e que você vai aprender apenas interagindo com outros.

É essa interação que permitirá ouvir novas formas de tomada de decisão e criar frameworks de resolução de problemas que poderão ser usados, no futuro, em problemas correlatos.

Assim, ambos partem da premissa que escritório é uma troca constante e necessária, devendo ir o trabalho além da parte laboral e assumir a parte social, como fazer amigos, conhecer gente etc.

Considerações finais: os objetivos de Ícaro para os próximos 10 anos

Para Ícaro, o seu principal objetivo de vida, no aspecto pessoal, é cuidar, trabalhar e se manter vigilante para salvar a sua alma e da sua família.

Profissionalmente, por outro lado, a sua meta é definir qual será rumo do “O Novo Mercado” e implementar o seu novo escritório na cidade de São Paulo, respondendo a questionamentos como: será que vale a pena participar de um processo de M&A? Será que devo continuar na companhia? Quais avenidas de crescimento são possíveis percorrer para uma expansão sustentável do negócio?

Seja como for, o empreendedor pretende manter seus esforços em crescimento pessoal e automelhoria, buscando um equilíbrio entre a sua carreira e os seus relacionamentos.

Se você gostou desses insights e quer conferir na íntegra essa conversa, não deixe de acessar a gravação completa pelo nosso canal do Youtube:

Por fim, se assim como Ícaro de Carvalho, você é um líder em posição estratégica que quer promover mudanças significativas em seus negócios, conheça o G4 Imersão e Mentoria e tenha acesso a um programa completo para aprender a implementar as principais estratégias, ferramentas e frameworks de gestão, vendas e growth das maiores empresas do mundo.

New call-to-action

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z