Liderança

Livros sobre liderança: Top 8 para 2022

Melhores livros de liderança

Em cenários cada vez mais competitivos e marcados por mudanças constantes, aprimorar conhecimentos é decisivo para agir com mais assertividade e aumentar as chances de crescimento, especialmente para líderes e gestores, que tendem a expandir suas habilidades expertise através de cursos e os melhores livros sobre liderança e gestão.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center em 2016, 87% dos profissionais nos Estados Unidos acreditavam que seria essencial receber treinamento e desenvolver novas habilidades para que possam acompanhar as mudanças no local de trabalho.

Nesse sentido, os líderes devem ter uma rotina de lifelong learning ou “aprendizado contínuo”. Isso significa cultivar uma postura de aprender, manter-se atualizado sobre as principais tendências e estar sempre aberto a mudanças nas práticas.

Para te ajudar nesse desafio, eu, Luccas Riedo, separei 8 livros que todo líder precisa ler para se desenvolver ainda este ano.

Livros sobre liderança para ler em 2022

Segundo a Gallup, o líder tem influência de até 70% no engajamento dos colaboradores. É fácil entender esse aspecto, já que a liderança possui a capacidade de atrair e guiar de forma inspiradora todas as pessoas que estão em seu entorno.

Entre as características de um bom líder estão o domínio da comunicação interpessoal, transparência, pleno conhecimento sobre os colaboradores e preocupação com a imagem que transmite à equipe, isto é, quer ser visto como exemplo a partir de suas atitudes. 

Acompanhe abaixo uma seleção dos melhores livros de liderança das últimas décadas, recomendados e referenciados tanto por líderes e gestores brasileiros como internacionais.

#1: Gestão de Alta Performance (Andy Grove)

Gestão de Alta Performance (Andy Grove)
(Na imagem: versão original do livro “Gestão de Alta Performance”, do ex-CEO da Intel, Andrew Grove)

Lançado em 1983, o livro “High Output Management” (em português, Gestão de Alta Performance), de Andrew Grove, é considerado um clássico sobre empreendedorismo e liderança

“O resultado (ou output) de um gestor é o resultado (ou output) das unidades organizacionais sob sua supervisão ou influência. Ou seja, se suas equipes não tiverem um bom resultado, você também não terá”

Andrew Grove
Ex-CEO da Intel

Grove atuou por mais de 30 anos na Intel, tanto como CEO quanto como presidente do conselho, e construiu uma bagagem sólida de conhecimentos sobre como administrar uma empresa. Nessa importante obra, ele aborda técnicas para criar equipes altamente produtivas, apresentando métodos de motivação que alavancam o desempenho.

Entre alguns temas abordados pelo autor estão:

  • Indicadores que devem ser utilizados para aumentar a eficiência da empresa;
  • Formas de manter o foco contínuo no resultado (output);
  • Como transformar os colaboradores em membros de times altamente produtivos;
  • A importância do treinamento e da motivação da equipe;
  • Estágios das tomadas de decisão.

Em suma, trata-se de um manual prático de gestão com aprendizados valiosos para empresas de todos os portes alcançarem novos patamares no mercado.  

Leia mais: Como fazer um planejamento de acordo com Andy Grove

#2: O Lado Difícil das Situações Difíceis (Ben Horowitz)

O Lado Difícil das Situações Difíceis (Ben Horowitz)
(Na imagem: versão original do livro “O Lado Difícil das Situações Difíceis”, de Ben Horowitz)

Um CEO está exposto a diversos desafios no dia a dia da empresa e precisa agir com assertividade para que nada saia do controle. 

Esse é o ponto central de um dos principais livros sobre liderança dos últimos anos, “O Lado Difícil das Situações Difíceis”, de Ben Horowitz, empresário, investidor americano e co-fundador da venture capital Andreessen Horowitz.

Horowitz traz lições que aprendeu ao longo de sua jornada como empreendedor, desde a fundação de sua empresa (Opsware) até sua venda por U$1,65 bilhões para a Hewlett-Packard (HP). Para o autor, existem certo pilares que são decisivos para facilitar a rotina e se tornar um bom gestor:

  • Transparência sobre problemas a serem resolvidos;
  • Trabalho em equipe, criatividade e soluções direcionadas;
  • Bom gerenciamento das pressões e responsabilidades da função;
  • Preocupação com o treinamento e bem estar do time.

Além disso, um de seus principais aprendizados é sobre como demitir colaboradores –quando isso se faz necessário– e como fazer contratações de pessoas com alguns pontos fracos pode ser uma boa aposta. 

Se você quiser aprofundar mais nos insights e principais conceitos da obra de Horowitz, leia nosso conteúdo G4 Books: O lado difícil das situações difíceis [Principais Conceitos].

#3: Como o Google Funciona (Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg)

Versão original do livro "Como o Google Funciona", de Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg
(Na imagem: versão original do livro “Como o Google Funciona”, de Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg)

Afinal, como o Google se transformou em uma das maiores empresas do mundo? Em “Como o Google Funciona” (do inglês, “How Google Works”), os autores Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg explicam essa e muitas outras questões que fizeram da empresa uma gigante global reconhecida pelo propósito de inovação constante.

Escrito por dois dos maiores executivos da empresa, o livro tem como objetivo mostrar como o poder do consumidor e a qualidade dos profissionais envolvidos são ferramentas capazes de transformar organizações em casos de sucesso. 

O maior exemplo é o próprio Google, que é totalmente customer centric (centrado no usuário) e é considerado o maior mecanismo de buscas do planeta, com mais de 3,5 bilhões de pesquisas por dia e 1,2 trilhão por ano, segundo o Internet Live Stats, e um market share global acima de 92%, segundo a StatCounter.

Para revelar o funcionamento da empresa, os autores trazem alguns tópicos-chave como:

  • Cultura;
  • Estratégia;
  • Talentos;
  • Comunicação;
  • Inovação;
  • Transferência de poder (foco no consumidor).

A obra é indicada tanto para os empreendedores que almejam crescer no mercado, quanto para quem quer saber como funcionam os processos dessa que é a empresa líder global em tecnologia.

#4: Avalie o que Importa (John Doerr)

livros sobre liderança
(Na imagem: versão original do livro “Avalie o que Importa”, de John Doerr)

Qual é o denominador comum entre organizações como Samsung, Spotify, BMW, Google e Disney? Em “Avalie o Que Importa”, John Doerr, investidor americano e capitalista de risco, explica as metodologias que possibilitaram o crescimento exponencial dessas empresas.

Assim como qualquer empreendedor, Doerr destaca que os fundadores dessas empresas tiveram que aprender a seguir um direcionamento para manter tudo nos eixos e conseguir melhores resultados. 

Nesse sentido, o autor afirma que o segredo responsável pelo crescimento sustentável de uma organização está em uma abordagem de gestão chamada OKR, do inglês, “objectives and key results”, traduzida como “objetivos e resultados-chave”. 

O foco dessa metodologia é entender o que realmente importa, isto é, quais são os objetivos cruciais que todos devem concentrar a atenção. Isso leva à criação de metas flexíveis, alcançáveis e claras, de modo que o negócio possa trabalhar de maneira eficiente para alcançar o sucesso. 

Os OKRs permitem que as organizações atualizem, monitorem e acompanhem seus objetivos continuamente. Além disso, os OKRs fazem com que gestores repensem suas estratégias de gestão, potencializando resultados.

#5: The Great CEO Within (Matt Mochary)

The Great CEO Within (Matt Mochary)
(Na imagem: capa do livro “The Great CEO Within”, de Matt Mochary)

Tornar-se um grande CEO requer treinamento, e isso é ainda mais desafiador quando se trata de um CEO fundador no comando de um negócio em rápido crescimento. 

Por isso, na obra “The Great CEO Within”, o empresário e investidor americano Matt Mochary reúne dicas essenciais para qualquer pessoa que ocupe cargos de liderança ou de gestão, desde aqueles que estão começando até os que almejam escalar resultados.

Segundo Naval Ravikant, empresário e investidor indiano-americano, além de cofundador e ex-CEO da AngelList, o livro “não descreve uma maneira de como o fundador pode escalar uma empresa, mas sim A MANEIRA com a qual ele o fará”, tornando-o um dos livros sobre liderança mais essenciais na vida de qualquer gestor.

Mochary é reconhecido por treinar CEOs de muitas das empresas de tecnologia de maior escala no Vale do Silício e compartilha práticas fundamentais para dimensionar o negócio com eficiência, implementando um sistema de responsabilidade, resolução de problemas e feedback constante. 

A obra é dividida em 8 partes e trabalha alguns pontos como:

  • Hábitos individuais que um CEO deve criar;
  • Hábitos de grupo a serem estimulados;
  • Infraestrutura da empresa (KPIs, áreas de responsabilidade, etc);
  • Colaboração;
  • Como devem ser organizados os processos (arrecadação de fundos, recrutamento, vendas, marketing, etc);
  • Características dos departamentos-chave (Executivo, Produto, Engenharia, Pessoas, Finanças, Jurídico).

Mochary enfatiza que mais do que encontrar sócios, é essencial priorizar por parceiros que tenham habilidades complementares. Assim, será possível compartilhar a carga emocional e aliviar significativamente a carga de trabalho. 

Em suma, o livro nos ensina como iniciar uma empresa, implementar uma cultura empresarial assertiva, treinar melhor nossos colaboradores e tomar decisões mais próximas do sucesso.

Responsabilidade Extrema: Como os Navy Seals Lideram e Vencem (Jocko Willink e Leif Babin
(Na imagem: versão original do livro “Responsabilidade Extrema”, de Jocko Willink e Leif Babin)

Será que as táticas adotadas pelos Navy SEALs (oficiais da Marinha estadunidense) nos campos de batalha –como treinam seus líderes e desenvolvem equipes de alto impacto–  podem ser aplicadas em qualquer empresa?

Em “Responsabilidade extrema: como os Navy Seals lideram e vencem”, Jocko Willink e Leif Babin trazem essa abordagem. Uma vez que ambos já atuaram como oficiais SEAL da Marinha dos EUA, eles apresentam como os conceitos fundamentais de liderança SEAL podem ser trazidos para os negócios, e até para a vida.

Inclusive, foi com essa missão que Willink e Babin deixaram as equipes SEAL e criaram a empresa de consultoria Echelon Front, ensinando desde startups promissoras a empresas Fortune 500 a construírem equipes de alto desempenho.

“Como comandante, tudo o que acontecia no campo de batalha era de minha responsabilidade. Tudo. Se uma unidade de apoio não fizesse o que precisávamos, eu não tinha fornecido instruções claras. Se uma das metralhadoras atingisse alvos fora do campo de fogo, eu não tinha explicado com clareza onde estava seu campo de fogo. Se o inimigo nos surpreendesse e atingisse locais não esperados, eu não tinha pensado em todas as possibilidades. Não importa o que acontecesse, eu nunca poderia culpar outras pessoas quando uma missão dava errado”

Jocko Willink
Ex-Navy Seal e co-fundador da Echelon Front

A premissa da obra é a seguinte: em qualquer equipe ou negócio, toda a responsabilidade pelo fracasso ou sucesso é de quem lidera. 

Nesse sentido, um líder possui o que os autores chamam de “responsabilidade extrema”. Eles devem sempre reconhecer e assumir os erros perante toda a equipe, de modo a desenvolver um plano para contorná-los.

Isso é fundamental para não desmotivar a equipe e mostrar que desafios podem ser superados com alterações de rota. Tal postura também possibilita que os liderados tenham mais segurança e firmeza sobre as práticas adotadas. 

Trata-se de uma leitura essencial para quem quer descobrir como mobilizar investidores e implementar um ambiente de liderança com um alto potencial para vencer.

#7: Empatia Assertiva: Como Ser um Líder Incisivo Sem Perder a Humanidade (Kim Scott)

 Empatia Assertiva: Como Ser um Líder Incisivo Sem Perder a Humanidade (Kim Scott)
(Na imagem: versão original do livro “Empatia Assertiva”, de Kim Scott)

Segundo uma pesquisa intitulada “Empresas Humanizadas no Brasil”, realizada pela Universidade de São Paulo (USP) em 2019, empresas que trabalham uma visão mais humanizada apresentam uma satisfação superior a 240% junto aos clientes e impactam em 225% no bem estar dos colaboradores, um propósito que vai além do lucro.

Contudo, como construir uma liderança que engaja e torna o time mais feliz? Esse tema é explorado em livro “Empatia assertiva: como ser um líder incisivo sem perder a humanidade”, de Kim Scott, ex-executiva do Google e da Apple, um dos livros sobre liderança mais procurados por gestores que desejam construir, liderar e inspirar equipes a fazer o melhor trabalho possível.

De forma muito prática e dinâmica, a autora apresenta aos gestores como ter sucesso sem ficar desnorteado ou esquecer que uma organização é feita de pessoas para pessoas, ou seja, precisa ser construída de modo que ofereça um ambiente agradável para todos. 

Nesse sentido, Scott elabora o conceito de empatia assertiva: para se tornar um bom chefe, você precisa importar-se pessoalmente com as pessoas ao mesmo tempo em que as confronta diretamente. 

Esse livro é indicado para todos os gestores que desejam melhorar seus relacionamentos no trabalho e cumprir suas principais funções, como estimular uma cultura de feedback, construir uma equipe consistente e atingir resultados dos quais toda a equipe se orgulhe.

#8: Pipeline de Liderança (Ram Charan)

Pipeline de Liderança (Ram Charan)
(Na imagem: versão original do livro “Pipeline de Liderança”, de Ram Charan)

Não é incomum vermos gestores saindo de empresas tão rápido quanto entram. Em casos como este, o problema, na maioria das vezes, pode estar na falta de um programa de desenvolvimentopara esses (futuros) líderes.

Logo, é fundamental buscar uma abordagem que possibilite que as organizações possam realizar e manter um processo eficiente de desenvolvimento, capacitação e manutenção de gestores. Pensando nisso, Ram Charan, Stephen Drotter e James Noel elaboraram o livro “Pipeline da liderança: o desenvolvimento de líderes como diferencial competitivo”.

Com suas experiências em empresas referência global como General Eletric, Goodyear, Citibank, Ford e outras companhias, os autores apresentam um modelo baseado em 6 etapas para detectar líderes em potencial, analisar suas competências, planejar seu treinamento e mensurar resultados.

Um dos grandes diferenciais é que a obra integra o processo de desenvolvimento de líderes com o plano de sucessão. Isso permite que as companhias possam renovar os líderes em todos os níveis de forma contínua. 

Entre as transições do pipeline de liderança estão:

  • De gerenciar a si mesmo a gerenciar outros;
  • De gerenciar os outros para gerenciar gerentes;
  • De gerenciar gerentes para gerenciar uma função;
  • De gerente operacional a gerente de negócios;
  • De gerente de negócios a gerente de grupo;
  • De gerente de grupo a administrador de empresa.

Saiba mais: Pipeline de liderança: as 6 etapas para se tornar um bom líder

Consideração finais: além de qualidades como acessibilidade, autenticidade e transparência, o líder do futuro deve sempre buscar aprendizagem contínua, seja através de cursos ou livros sobre liderança

Quem almeja ser um bom líder necessita ter uma curiosidade insaciável dentro de si. Isso significa estar sempre atualizado e disposto a aperfeiçoar conhecimentos, seja em livros e filmes até podcasts e palestras. 

No caso deste artigo, você conferiu 8 livros sobre liderança que são referência em trazer uma visão aprofundada sobre o tema, obras escritas por autores com expertise em liderança e que já treinaram gigantes de diversos segmentos com foco em potencializar resultados. 

Logo, mais do que ler, muitos dos ensinamentos são extremamente aplicáveis, alguns podendo ser implementados de forma imediata ou com algumas semanas de planejamento. 

Dito isso, se você quer aprender a liderar para vencer, conheça a Imersão em Liderança do G4 Educação e, junto com o conhecimento adquirido nos livros sobre liderança, aprenda a construir equipes de alta performance para alavancar seu crescimento empresarial.

G4 LIDERANÇA

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z