Artigos, Marketing

Marcas investem mais em conteúdo gerado pelos usuários (UGC)


O conteúdo gerado pelo usuário está ganhando destaque em muitas estratégias de marca, fortalecendo o relacionamento e a fidelização. A tendência é que, nos próximos anos, continue crescendo, impulsionado principalmente pela transformação digital.

Mais de 60% da população total do mundo está conectada. São 5,03 bilhões de pessoas usando a internet, e o número só tende a aumentar. De acordo com dados da Datareportal, a estimativa é que até 2023 dois terços da população mundial esteja online.

Embora as marcas já utilizassem esse formato de conteúdo para prova social, com a popularização das mídias sociais, ele ganhou ainda mais destaque e não poderia ser diferente. São 350 milhões de fotos carregadas no Facebook diariamente, 95 milhões no Instagram (contando também vídeos) e cerca de 500 milhões de tweets.

Utilizando principalmente as mídias sociais como catalisador de ações, as empresas tiveram um papel fundamental no crescimento desse mercado, com uma participação de mais de 64% em 2020. Até 2028, o mercado de UGC deve valer cerca de US$18,65 bilhões, com uma taxa de crescimento anual de 26,6%. 

crescimento do mercado de UGC
(Na imagem: crescimento do mercado de UGC)
(Créditos: Grand Viewer Search)

Além das empresas conseguirem levar sua proposta de valor a mais pessoas, ao marcar um produto que esteja usando, todo consumidor pode se tornar um criador de conteúdo, criando um ecossistema de oportunidades para todos os envolvidos.

Neste artigo, vou te ajudar a entender como campanhas UGC podem ajudar seu negócio a se conectar com o consumidor, tornando-se relevante e principalmente, aumentando as vendas.

O que é conteúdo gerado pelos usuários (UGC)? 

Resumidamente, o conteúdo gerado pelo usuário corresponde a conteúdos que são criados pelos consumidores da marca. Embora possam ser pagos, a maioria não é patrocinado e sim, recomendações honestas de quem publica, por isso tendem a ser vistos pelo público como mais genuíno.

De maneira geral, são conteúdos em que o cliente está interagindo com o produto, e ao compartilhar sua experiência pessoal, se relaciona com a audiência em um nível mais profundo do que um anúncio tradicional. Além disso, deixam a proposta de valor do produto clara de um jeito simples e dinâmico – um dos grandes benefícios do UGC (User Generated Content).

@ahmnasocial

Finally trying @Glamnetic nails in the style “Chocolate Milk”. Use my code AHMNA to get 15% off at checkout! #glamnetic So easy to apply (comes w/ everything you need) & lasts for 2 weeks!

♬ original sound – UGC Creator | Content Creator
(No vídeo: Ahmna Dailey, criadora de UGC)

Normalmente, esses conteúdos pertencem às marcas e são compartilhados em seus perfis, mas não é uma regra.

Um dos maiores benefícios do user generated content, é sua capacidade de impulsionar a conexão entre marca e cliente, e a tendência a médio e longo prazo, é que esse tipo de campanha deixe de ser parte de uma estratégia para se tornar o futuro dos anúncios.

“UGC está aqui para ficar. Os dias da perfeição do Instagram e do Facetune extremo ficaram para trás.”

Denver McQuaid, estrategista do TikTok

A força do UGC está na autenticidade da comunicação de pessoas para pessoas

Sem grandes investimentos por parte das marcas (nem dos criadores), a maioria dos conteúdos são gravados no celular de maneira casual e sem muita produção, a base para conquistar a confiança do usuário, principalmente nas mídias sociais como Instagram e TikTok. Em outras palavras: quanto mais natural, melhor. 

  • print de conteúdo gerado por usuário

Recentemente, o report “influence in the digital age”, apontou que 57% dos consumidores disseram que muitas marcas não criam conteúdos que pareçam verdadeiros, um dado que preocupa, principalmente quando 86% elencou a autenticidade como o fator mais importante na hora de decidir quais marcas gostam e apoiam.

Em suma, a autenticidade é um fator chave para o sucesso do UGC, exatamente porque as pessoas tendem a acreditar em pessoas, um dos fundamentos por trás do marketing boca a boca ser tão eficaz, movimentando US$6 trilhões anualmente e correspondendo a 13% de todas as vendas.

Algumas estatísticas compiladas pelo Semrush sobre marketing word of mouth apontam que:

  • 23% das pessoas falam de seus produtos favoritos com amigos e familiares todo dia. 
  • 21% das pessoas perderão a confiança em uma marca, sendo cliente ou não, ao receberem feedbacks negativos
  • 90% das pessoas são mais propensas a confiar em uma marca recomendada, mesmo por estranhos

Ou seja, tornar a comunicação mais pessoal e honesta é fundamental para se relacionar com os clientes e ser reconhecido como a melhor opção, conquistando indicações. Além disso, 70% dizem saber diferenciar um conteúdo autêntico (nesse caso, feito pelo usuário), daquele que é desenvolvido pela marca, o que indica que deve haver transparência

“Como os consumidores continuam a exigir transparência e autenticidade, o conteúdo encenado, mesmo que seja de qualidade profissional, saiu de moda. Vemos isso na ascensão de ‘genuinfluenciadores’, especialistas no assunto sendo procurados por marcas precisamente por causa de seu status profissional fora do mundo da criação.”

Joe Valentine, presidente da agência de publicidade 108

O conteúdo gerado pelo usuário é uma grande oportunidade tanto para as marcas quanto para os consumidores. Enquanto a empresa impulsiona as criações, os consumidores, na outra ponta, se sentem mais representados, gerando maior identificação de anúncios hiper produzidos.

TikTok: a plataforma que potencializou o conteúdo gerado por usuários

Considerado o aplicativo mais popular entre 2020 e 2021, o TikTok vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. A receita em 2021 foi de US$ 4,6 bilhões, um aumento de 142% se comparado a 2020. Além disso, no mesmo ano, atingiu 1 bilhão de usuários e a expectativa é que chegue a 1,8 bilhões até o final deste ano. 

Mas já a algum tempo o TikTok deixou de ser uma plataforma de vídeos curtos, para se consolidar cada vez mais como uma grande ferramenta de publicidade, convidando as marcas a utilizarem a plataforma para anunciar de um jeito mais autêntico: “não faça anúncios, faça TikToks.”

O Starbucks, por exemplo, promove diversos desafios e concursos nos quais estimula seus seguidores a produzirem conteúdo. Em uma dessas iniciativas, a cafeteria queria incentivar o público a pedir bebidas personalizadas e acrescentou à estratégia a possibilidade de criarem sua própria bebida.

A ação, então, deu origem a uma edição de bebidas limitada “inspiradas no TikTok” que ficou no menu por duas semanas. Como resultado, a empresa conquistou mais de 30 mil seguidores organicamente. Os anúncios geraram 11,5 milhões de impressões e mais de 220.000 likes.

@amberrozario

Trying the NEW Strawberry Sunset!!😍🍓🌅 #fyp #tiktokinspired #starbucksuk @starbucksuk ad

♬ Sunny Day – Ted Fresco
(No vídeo: a influenciadora Amber Rozario)
(Créditos: TikTok)

Embora conteúdos gerados por usuários sejam comuns em outras mídias sociais, o próprio funcionamento do TikTok, com seus populares desafios, por exemplo, estimula os usuários a criarem conteúdo em torno de produtos de maneira mais natural, consistente e na maioria das vezes viral, sem que grandes influenciadores entrem no jogo. 

Nesse sentido, o user generated content impulsiona outra tendência: os micro influenciadores digitais. 

Para estratégias de UGC, muitas empresas priorizam perfis com um número relativamente baixo de seguidores, isso porque os chamados micro influenciadores acrescentam autenticidade à estratégia, sendo capazes de se conectar mais facilmente com outros consumidores. 

(Na imagem: post da Sallve)

O certo “anonimato” é uma das chaves do conteúdo feito pelo usuário, se relacionando diretamente com a geração Z, que deseja menos celebridades e mais pessoas com quem possam se identificar, além de priorizarem a privacidade. Em suma, o apelo lo-fi contribui para o sucesso de campanhas UGC, representando veracidade.

O TikTok não só incentiva as empresas como também os criadores. Além de gerar conteúdo para marcas, ao compartilharem em seus perfis dicas de como produzir esse tipo de conteúdo e informações financeiras atraentes, a plataforma criou um ciclo natural que fortalece o conteúdo UGC plenamente.

Leia também: O poder da influência: como (e quanto) ela funciona na era das mídias sociais

UGC: uma estratégia inteligente e efetiva – e que ainda pode ser mais barata

Um post UGC pago, pode custar às marcas US$125 a US$ 500 em média, enquanto um macro influenciador ou celebridade pode chegar a cobrar US$ 30.000 por postagem. Além disso, ao optarem por essa estratégia, algumas empresas chegaram a vender cerca de 20% a mais do que através de anúncios tradicionais.

Ou seja, um conteúdo gerado pelo usuário tende a ser financeiramente mais vantajoso, além de estabelecer relações mais profundas com os consumidores, sendo relacionados diretamente à autenticidade.

conteúdo produzido pelo usuário é visto como mais autentico
(Na imagem: Tipos de conteúdo mais autênticos)
(Créditos: report influence in the digital age)

Apesar do que pode parecer, o mercado de influenciadores não está demonstrando sinais de estabilização ou declínio. Nesse sentido, campanhas de UGC se mostram alternativas viáveis para empresas que possuem um orçamento menor para marketing e publicidade e ainda assim, esperam colher bons resultados.

Uma opção é fazer um mix de campanhas de acordo com a maturidade do negócio, distribuindo o orçamento levando em consideração os objetivos da empresa. 

Sem dúvidas, o conteúdo gerado pelo usuário tende a ficar cada vez mais relevante, e ao apresentar um custo-benefício considerável, muitos negócios podem ser criativos, se comunicando com sua base de clientes de maneira autêntica, e ainda, se manter dentro do orçamento. 

Seja qual for a abordagem escolhida, ela deve contribuir para o aumento da receita. Afinal, o que diferencia uma empresa que cresce a cada dia de uma que fica estagnada, é a sua capacidade de atrair e converter novos clientes. Então, se você deseja vender cada vez mais e melhor no seu negócio, conheça a Imersão G4 Sales do G4 Educação, e aprenda a construir um processo de vendas previsível e escalável.

New call-to-action

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z
Banner G4 for Business 01
Banner G4