Artigos, Liderança

Liderança transformacional: definição, características e exemplos


Liderança transformacional é um estilo de liderança que inspira e motiva os liderados, estabelecendo uma relação de confiança e de feedbacks constantes.

Empreendedora, filantropa, nomeada pela revista Time uma das pessoas mais influentes do mundo em 2004, 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009. Você certamente conhece Oprah Winfrey, uma das maiores personalidades dos últimos tempos e que apresentou durante mais de 20 anos o talk show com maior audiência da história.

Com uma trajetória relevante, que lhe rendeu a referência “rainha de todas as mídias”, Oprah, é acima de tudo, inspiradora, conhecida por executar sua visão de maneira impecável e carismática, se conectando verdadeiramente à equipe. No mundo da liderança, pode ser considerada uma líder transformacional nata. 

(Na imagem: Oprah Winfrey)
(Créditos: AFP / Uol)

Por seu viés instigador e inovador, a liderança transformacional, é um dos tipos de liderança mais desejados atualmente. Isso porque parece que sua abordagem de todos os estilos, é que melhor acompanha as necessidades contemporâneas, baseando sua abordagem em uma relação de confiança com o liderado. 

A Gallup, apontou que para ser um líder efetivo existem traços em comum que aumentam o sucesso e que podem ser fortemente relacionados com esse modelo, como:

  • Gerar confiança nos liderados
  • Incentivar a crença em um futuro melhor
  • Garantir que os liderados possam contar com você

Neste artigo, vamos explicar o que é liderança transformacional, as vantagens e desvantagens de atuar com esse estilo, além dos desafios de sua implementação.

O que é liderança transformacional?

Utilizado pela primeira vez por James V. Downton, o termo liderança transformacional é relativamente novo, e apesar de ter sido cunhado por Downton, o conceito foi fortemente desenvolvido por James MacGregor Burns.

Apesar de serem figuras importantes para a conceituação da ideia, ao longo do tempo, uma série de autores expandiram a ideia, contribuindo para a construção da teoria. 

Um dos maiores contribuintes desse estilo de liderança foi Bernard Bass, que acrescentou aspectos psicológicos e aprofundou alguns componentes para que a liderança transformacional fosse implementada com êxito. Sua contribuição ficou conhecida como “Teoria da Liderança Transformacional de Bass”. 

Além disso, desenvolveu indicadores para medir e classificar o sucesso desse estilo. Nesse sentido, a liderança transformacional pode ser aplicada em todos os setores, já que sua base de atuação funciona de uma maneira estável. Mas afinal, o que é liderança transformacional?

A liderança transformacional se baseia na influência do líder como principal ativo. Sua figura é responsável por estimular a equipe através de energia, paixão e motivação. 

Visando o sucesso tanto dos envolvidos quanto da empresa, os liderados são inspirados por um propósito comum, e que tende a ocasionar transformações positivas dentro da companhia.

Segundo um report da PwC, a liderança executiva de muitas empresas acreditam que o propósito pode acelerar a inovação e o valor de marca. 79% dos líderes acreditam que o propósito é um tema central para o sucesso de um negócio, porém, apenas 34% apontam que o propósito da organização é um guia para sua tomada de decisão. 

Neste sentido, ao instaurar um ambiente de confiança, admiração, lealdade e respeito, a liderança transformacional, pode colaborar amplamente para melhorar esse cenário, uma vez que os líderes oferecem uma sensação de ganho além da função ou tarefa: um propósito claro.

“Líderes transformacionais… são aqueles que estimulam e inspiram seguidores a alcançar resultados extraordinários e, no processo, desenvolver sua própria capacidade de liderança, alinhando os objetivos e metas dos seguidores individuais, do líder, do grupo e da organização maior”.

Transformational Leadership 

Em suma, esse modelo baseia-se na ideia de que a liderança possui uma energia autêntica, e por isso, inspira os liderados.

Componentes da liderança transformacional

Embora o poder de influenciar seja um dos grandes trunfos da liderança transformacional, é preciso desenvolver algumas características que ocasionam as transformações necessárias na equipe. De acordo com Bass, existem quatro elementos primários para a liderança transformacional ocorrer, também conhecidos como “quatro eus”. São eles:

  1. Influencia idealizada
  2. Motivação inspiradora
  3. Estimulação intelectual 
  4. Consideração individual

Esses fatores ajudam os líderes a aplicar a abordagem de maneira mais assertiva, impulsionando um desempenho que vai além das expectativas, já que são habilidades responsáveis pela transformação. 

#1 – Influencia idealizada

Essa abordagem é comum em líderes carismáticos e que transmitem confiança para toda a equipe. Esse componente é importante pois é capaz de alinhar uma visão compartilhada. Para tal, escutar a equipe ativamente, se concentrando no presente, e disponibilizando feedbacks constantes é fundamental.

Com uma curiosidade enérgica, impulsiona a descoberta por  soluções inovadoras, criando diretrizes dinâmicas para a equipe. Sua influência é notória, e geralmente são considerados exemplos a serem seguidos.

#2 – Motivação inspiradora

Líderes com essa habilidade são comprometidos com uma visão, e estimulam sua equipe a se comprometerem também, elevando o trabalho colaborativo e instaurando um senso de propósito motivador.

Para isso, dominam a comunicação e são articulados, passando segurança e confiabilidade para o time, além de clareza na transmissão de tarefas.

Geralmente visionários, conseguem enxergar detalhes que a médio e longo prazo podem afetar a organização, e em sua maioria, são excelentes em desenhar o futuro, gerando autoridade e entusiastas na equipe. Sua visão aguçada gera uma maior intuição sobre determinados caminhos, o que impulsiona e influencia as decisões a serem tomadas.

#3 – Estimulação intelectual 

O estímulo intelectual promove o pensamento crítico e a resolução de problemas como fatores centrais para melhorar os resultados dos times e da empresa, sempre envolvendo a todos no processo decisório.

Focado na solução e priorizando o alto desempenho, estimula as equipes a serem inovadoras e a pensarem além do convencional, debatendo assuntos de maneira inovadora e disruptiva, estimulando caminhos menos convencionais para alcançar objetivos e metas.

Geralmente, líderes que possuem essa habilidade mais forte, tendem a assumir mais riscos, e também, são mais aberto a ideias inovadoras.

#4 – Consideração individual

Uma vez que a liderança transformacional concentra-se no poder de transformação, e na contribuição de cada membro para atingir o objetivo geral com o grupo, com essa habilidade forte, o grau de atenção às necessidades de cada liderado é potencializado.

Ao entender as motivações pessoais de cada um, é possível desenvolver uma trilha de desenvolvimento e feedbacks mais precisos e personalizados, levando em consideração necessidades e desejos dos membros.

Uma das principais características dessa habilidade é o desenvolvimento de inteligência emocional, que permite ao líder construir uma conexão mais genuína e empática, impulsionando o crescimento pessoal contínuo da equipe, 

Ao aprender a lidar com cada um de maneira eficaz, líderes que tendem a possuir essa habilidade, são considerados mentores. 

Vantagens da liderança transformacional

Uma das maiores vantagens na liderança transformacional, com uma abordagem sobretudo motivacional, e que lidera pelo exemplo, é o senso de propósito e autonomia passado aos colaboradores, identificando e enfatizando a trajetória de cada um.

“Se você quer construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribua-lhes tarefas e trabalho, mas sim ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano.”

O pequeno príncipe 

Além disso, ao apresentar um senso de propósito claro, faz com que o alinhamento entre atividade e missão tenha uma relação forte, proporcionando maior desempenho e engajamento. Algumas das principais vantagens deste estilo de liderança, são:

  • Alinhamento entre valores, transparência e autenticidade
  • Propósito forte
  • Menor rotatividade, fortalecendo a cultura organizacional e senso de pertencimento
  • Potencializa a capacidade de execução
  • Incentiva a mudança, impulsionando a inovação de maneira institucional
  • Desenvolve espírito de cooperação

Diferente da liderança autocrática, por exemplo, que é mais imperativa e inflexível, a liderança transformacional proporciona mais independência aos colaboradores, construindo um ambiente mais inovador e baseado em confiança.

Além disso, aumenta o engajamento e fortalece a cultura organizacional, já que todos entendem a importância das atividades para além de suas funcionalidades.

Desvantagens da liderança transformacional

Embora empresas como Google e Apple utilizem a liderança transformacional, demonstrando que esse estilo pode ser verdadeiramente eficaz, muitas organizações podem encontrar dificuldades de se adaptar a um modelo fundamentalmente colaborativo, focado em mudanças e que preza pela autonomia.

Além disso, por seu estilo motivacional, há uma tendência a relacioná-la como um traço de personalidade dos líderes e não um conceito que pode ser aprendido. Ademais, a uma maior propensão desta abordagem focar nos objetivos gerais e esquecer de detalhes relevantes. Algumas das desvantagens desse modelo são:

  • Foco nos resultados gerais, desfocando dos detalhes que constroem a imagem geral de uma gestão assertiva
  • Maior tendência a evitar questões administrativas e processos burocráticos
  • Maior propensão a arriscar, desconsiderando consequências maiores
  • Mudanças disruptivas que nem sempre acompanham o momento da empresa e os objetivos de negócio
  • Maior autonomia para os liderados acompanha também mais responsabilidade, e se essa correlação não for bem gerenciada, pode gerar pressão excessiva na equipe, levando a quadros de exaustão e burnout

Um dos maiores desafios da liderança transformacional é manter a comunicação alinhada, base fundamental para manter os colaboradores na mesma página, e engajados em conquistar o objetivo em comum. 

Nesta perspectiva, comunicar a visão de maneira clara, de modo que se estenda as tarefas do dia a dia, pode ser exaustivo tanto para o líder, quanto para o liderado, já que liderar pelo exemplo, motivando e inspirando, requer um esforço comportamental consistente.

Exemplos de liderança transformacional

Uma vez que as principais características desse modelo são entendidas, é possível obter sucesso, e se destacar. É o caso de personalidades, empresas e fundadores, que a partir desse estilo de liderança, construíram trajetórias memoráveis, implementando transformações sem precedentes.

Normalmente com impacto positivo e visionário, são considerados referências em seus setores de atuação:

  • Satya Nadella – Microsoft: ao assumir o cargo de CEO da Microsoft instaurou uma das mudanças transformacionais mais significativas da empresa. Com soluções em nuvem para negócios e usuários, aumentando as ações da empresa consideravelmente.
  • Hasbro: ao transformar sua estratégia de comunicação, instaurando um plano omnichannel focado em direcionar os pais à suas lojas, a Hasbro conseguiu aumentar as vendas em US$ 1 bilhão.
  • Jeff Bezos ao introduzir os chamados Kindles, a empresa reformulou a forma como se lê. Posteriormente, se transformou em uma das maiores empresas de tecnologia, chegando a valer US$ 1,14 trilhão em abril de 2020.
  • Reed Hastings: ao fundar a Netflix, Reed Hastings tinha uma visão do percurso do streaming substituindo seu maior concorrente, a Blockbuster. Atualmente, o serviço de assinatura possui cerca de 200 milhões de assinantes globalmente.
  • Oprah Winfrey: com uma carreira excepcional, não foi por acaso que Oprah recebeu o título de “rainha das mídias”. Com habilidades de comunicação excelentes e personalidade carismática, possui uma enorme facilidade de se conectar com as pessoas, inspirando a todos. 
  • Nike: com uma mudança de mentalidade, a Nike se reinventou através da transformação digital e supply chain. Os novos rumos aceleraram o ciclo de desenvolvimento de produtos, acompanhando tendências e absorvendo feedbacks rapidamente.
  • Steve Jobs: com uma liderança versátil, Steve Jobs é considerado uma dos maiores exemplos de liderança transformacional, focado em produtividade, consistência e inovação, consolidou a Apple como uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. 

A liderança que inspira e motiva a mudança

Exercer uma liderança transformacional é um processo constante, e no começo, é normal que exista necessidade de refinamento, principalmente uma liderança baseada essencialmente na influência.

Por isso mesmo, é um processo abrangente, e apesar de haver alguns componentes que direcionam determinados comportamentos, o líder transformacional deve fazer um esforço diário, consciente e ativo para implementar esse estilo de liderança com eficiência. 

“Um líder transformacional atua como um agente de mudança dentro da organização, definindo um exemplo de como iniciar e implementar a mudança.”

Peter G. Northouse no livro “Liderança – Teoria e Prática

De maneira geral, líderes transformacionais inspiram seus liderados a ultrapassar seus limites, no bom sentido, auxiliando no desenvolvimento de suas potencialidades. Assim, é possível transformar a equipe, e consequentemente, transformar processos e liderar projetos que farão a empresa crescer e se destacar no mercado. 

Prezar pelo trabalho em equipe, fortalecendo a contribuição individual e conhecendo as particularidades de cada membro, possui um impacto positivo a longo prazo.  Além de melhorar o desempenho e o relacionamento, tende a diminuir o esgotamento, um problema recorrente em muitas empresas.

Se você deseja aprender mais sobre práticas que levarão sua liderança para o próximo nível,  conheça a Imersão em Liderança do G4 Educação. Você aprenderá a como desenvolver inteligência emocional para lidar com situações difíceis, engajar o seu time ao propósito da sua empresa, além de criar uma cultura forte e vencedora.

New call-to-action

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z
Banner G4 for Business 01
Banner G4