Livros

High Output Management: 5 insights do livro de Andy Grove que todo gestor deveria saber

Andy Grove, ex-CEO da Intel

Se você está aqui, provavelmente quer se tornar um gestor melhor. Talvez você já ocupe um cargo de liderança, talvez esteja no caminho, mas posso presumir que você tem interesse em se tornar um grande gestor. Caso esse seja o seu objetivo, a minha primeira dica é que você estude as obras de Andrew “Andy” Grove, principalmente o livro “High Output Management” (ou em português, Gestão de Alta Performance).

Capa do Livro High Output Management, versão original do Gestão de Alta Performance
(Na imagem: capa do livro High Output Management, do ex-CEO da Intel Corporation, Andy Grove

Além de ex-presidente da Intel, ele foi, sem dúvidas, um dos maiores gestores da história e escreveu uma obra essencial para qualquer gestor.

Dito isso, para te ajudar, eu quero compartilhar com os 5 maiores insights que eu tirei desse livro.

(Para uma análise mais profunda sobre o livro, leia G4 Books: Gestão de Alta Performance [Principais Conceitos])

#1: O resultado de um gestor é tão bom quanto o do seu time

Na minha visão, o principal aprendizado do livro é o entendimento do que é o real “output” de um gestor.

Em outras palavras, o real valor que ele gera, que nada mais é do que o resultado do time que aquele gestor lidera.

Não se trata de reuniões, processos ou o seu resultado pessoal. Grandes gestores são aqueles que ajudam o seu time a entregar grandes resultados.

#2: Reuniões são mais do que um mal necessário

Praticamente todas as pessoas que conheço acreditam que a maioria das reuniões das quais participam são uma perda de tempo e, inclusive, isso virou meme com direito a camiseta com a frase: “Sobrevivi a uma reunião que deveria ter sido um e-mail.”

No entanto, as reuniões não precisam ser assim. Reuniões são um importante mecanismo de alinhamento e visibilidade, porém, existem formas de torná-las mais produtivas que são fundamentais:

  • Envolva somente quem realmente precisa estar ali;
  • Toda reunião deve ter um tema (ementa) definido;
  • Toda reunião deve ter uma duração definida.

Respeitando essas regras suas reuniões serão muito mais produtivas.

“O sucesso gera complacência. A complacência gera o fracasso. Só os paranóicos sobrevivem.”

Andrew Grove
Ex-CEO da Intel Corporation

#3: Um gestor nunca deve fazer o trabalho do seu liderado!

Quando um gestor faz o trabalho do seu time, a empresa perde 3 vezes:

  • A primeira, pelo fato do gestor estar fazendo isso ao invés de suas atividades de gestão;
  • A segunda, pelo fato do liderado estar perdendo a oportunidade de se desenvolver na prática;
  • A terceira, criando a imagem de que se alguém não fizer determinada tarefa, outra pessoa vai.

Gestores precisam aprender que fazer a atividade do liderado não é uma ajuda, mas sim um desserviço a todos os envolvidos naquilo. Aprenda a treinar e capacitar o seu time para que todos os membros possam desempenhar, com sucesso, suas respectivas atividades.

Sim, você provavelmente pode fazer certa atividade melhor do que os seus liderados, e é justamente por isso que, neste caso, você se encontra sentando na cadeira de gestor.

#4: Gestores devem buscar formas de alavancar seus resultados

Outro insight importante abordado no livro é o de “alavancagem.”

Basicamente, o conceito sobre “alavancagem” trata de como ter mais resultados com o mesmo ou menos esforço. Quando você se encontra em uma posição de gestão você pode mover as alavancas de forma à amplificar o resultado de cada ação criada.

Um bom gestor deve constantemente buscar formas de fazer isso.

Para exemplificar, tomemos o caso do investimento feito em treinamento para o time e na formação de líderes e multiplicadores de conhecimento, que consequentemente permitem que boas práticas e resultados se espalhem por toda a empresa.

#5: Gestores devem ser escolhidos pela sua capacidade técnica

Por fim, um insight muitas vezes ignorado, mas extremamente importante.

Gestores não devem ser escolhidos por terem mais tempo de casa, serem simpáticos ou serem amigos, mas sim pela sua capacidade técnica.

Um mix de capacidade de gerir as pessoas, inspirando elas a serem e darem o seu melhor, e de gerir profissionais, proporcionando o que for preciso para que eles executem suas tarefas da melhor forma.

Se você já se encontra em uma posição de liderança dentro da sua empresa e deseja levar seu negócio para o próximo nível, conheça o Gestão 4.0 Imersão e Mentoria e aprenda com os meus sócios, Tallis Gomes, Alfredo Soares e Bruno Nardon, além de outros mentores repletos de track record, como melhorar seus resultados e se tornar um melhor gestor.

CONHEÇA A IMERSÃO E MENTORIA

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z