Artigos, Conteúdos em Destaque

Economia de Marrocos: revelação da Copa quer ser o polo tecnológico da África


Economia de Marrocos

A economia de Marrocos é forte, diversificada e, atualmente, o crescente boom do setor de tecnologia mostra como o país está buscando se posicionar como líder desta indústria na África.

Além de ser um país conhecido por sua rica cultura e história, em 2022, a nação marroquina também tem sido elogiada por seu impressionante desempenho na Copa do Mundo do Catar. Para além das quatro linhas, é importante observar como a economia de Marrocos prospera e está avançando no setor de tecnologia.

De acordo com dados da Statista, Marrocos abrange uma área de 446.550 quilômetros quadrados na região do norte da África, com uma população de aproximadamente 37,3 milhões de pessoas e, em 2021, alcançou um PIB (Produto Interno Bruto) de US$ 129,5 bilhões.

Infográfico mostrando as informações gerais básicas sobre Marrocos, como capital, língua, religião etc.
(Na imagem: informações gerais sobre Marrocos)
(Créditos: Statista)

O país tem uma economia diversificada com indústrias fortes na agricultura, turismo e manufatura. Entretanto, nos últimos anos, experencia o advento de um expressivo aumento no número de empresas de tecnologia existentes em seu território, atingindo mais de 2.000 startups em 2021.

Sem dúvidas, essa é uma área em que Marrocos está particularmente procurando se destacar. O país possui um forte ecossistema tech, com um número crescente de incubadoras e aceleradoras que apoiam startups em estágio inicial.

Além disso, o governo marroquino implementou iniciativas para apoiar o crescimento do setor, incluindo incentivos fiscais e subsídios.

Nesse sentido, o país já consegui atrair grandes empresas, como Microsoft e Google, que abriram escritórios no país. Mais que isso, Marrocos vem sediando uma série de conferências e eventos para se posicionar, em definitivo, como o grande destino de tecnologia e inovação do continente africano.

Por que a economia de Marrocos está ganhando destaque no cenário africano?

Em sua essência, um dos principais motivos para o destaque da economia marroquina no cenário africano é a localização estratégica do país. O Marrocos está localizado entre Europa, África e Oriente Médio, tornando-o um local ideal para as empresas acessarem estrategicamente os mercados dessas regiões.

Outra razão que vale a pena citar é o foco na diversificação da sua economia. Há alguns anos, o governo marroquino vem se esforçando em desenvolver novas indústrias, tais como a energia renovável e o turismo.

Além disso, Marrocos implementou uma série de reformas econômicas que melhoraram o ambiente de negócios no país e atraíram investimentos estrangeiros.

Apesar de enfrentar alguns desafios, como alto desemprego e desigualdade, o país possui uma força de trabalho jovem, uma rica herança cultural, infraestrutura bem desenvolvida e uma expectativa positiva de crescimento do seu PIB:

Quais são as principais iniciativas e investimentos do país para se tornar um polo tecnológico?

Para se posicionar como um importante player na indústria de tecnologia, Marrocos tem implementado uma série de iniciativas e investimentos visando esse fim.

Uma das principais ações nesse sentido é a criação de parques tecnológicos e centros de inovação, tais como: Casablanca Finance City, Tangier Mediterranean Special Agency e Cité d’innovation de Marrakech.

“Os Technoparks podem ser considerados uma espécie de ecossistema, trabalhando para preencher a lacuna entre as startups tecnológicas marroquinas inovadoras e a comunidade empresarial em geral”.

Lamiae Benmakhlouf, diretora-geral da Moroccan Information TechnoPark Company (MITC)

Em linhas gerais, esses centros são projetados para atrair empresas de tecnologia e startups, fornecendo a infraestrutura e o suporte de que precisam para prosperar.

Além desses espaços físicos, o país também está investindo em programas de educação e treinamento para desenvolver uma força de trabalho qualificada no setor, com várias universidades e instituições oferecendo diplomas e programas relacionados ao tema, bem como iniciativas e incentivos para treinar jovens em codificação e outras habilidades digitais.

Outro esforço fundamental são as ações direcionados para melhorar o acesso à Internet e à conectividade, desde a expansão da cobertura, incluindo a implantação de redes 4G e 5G, até programas sociais para fornecer esse acesso a preços acessíveis para as comunidades carentes.

Dito isso, é possível perceber que todas as principais iniciativas e investimentos têm o condão de atrair empresas de tecnologia e startups para se tornar referência na região.

Os desafios de Marrocos para se tornar um hub tecnológico

Apesar de todo avanço mencionado, há uma série de desafios que Marrocos enfrenta em sua jornada para se tornar um polo tech, especialmente no que tange a questões econômicas e de infraestrutura.

Em primeiro lugar, um dos seus maiores obstáculos diz respeito a um mercado interno relativamente pequeno e limitado, especialmente quando comparado a outros países da região, o que dificulta que as empresas de tecnologia alcancem crescimento e lucratividade mais significativos.

Além disso, culturalmente, a economia marroquina ainda é fortemente dependente da agricultura e do turismo, o que significa, por vezes, o setor de tecnologia não é uma prioridade para muitos atores envolvidos nesse mercado.

Outro grande desafio diz respeito ao alto custo de importação de tecnologia e equipamentos, principalmente nas áreas rurais, em que não há acesso à internet de alta velocidade e outras infraestruturas tecnológicas são deficientes.

Isso torna difícil para as empresas operarem com eficiência e para os indivíduos acessarem a tecnologia mais recente.

Finalmente, Marrocos também enfrenta desafios econômicos, incluindo uma alta taxa de desemprego e uma população jovem – fator que dificulta que empresas de tecnologia encontrem e retenham funcionários mais experientes e qualificados.

Sem dúvidas, para superar essas adversidades, o país precisará continuar investindo em infraestrutura, educação e apoio ao setor de tecnologia, ao mesmo passo em que estimula a criação de um ambiente econômico mais favorável.

5 cases de projetos tecnológicos marroquinos bem-sucedidos

O aumento de startups e projetos de tecnologia nos últimos anos em território marroquino tem contribuído para o crescimento econômico do país e a competitividade global.

Até mesmo o Bank Al-Maghrib, o tradicional Banco Central de Marrocos, tem conseguido promover o uso da tecnologia no setor financeiro do país, com o desenvolvimento de sistemas de pagamento digital e a implementação de um sistema nacional de identidade eletrônica. Nesse sentido, vale ressaltar 5 iniciativas que estão disruptando a economia do país:

  1. Marrocos Digital;
  2. Marrocos Tech;
  3. Maroc Telecom;
  4. Maroc Numeric Fund;
  5. Moroccan Web Awards

Vejamos, então, como esses cases apresentam, na prática, essa transformação e estão contribuindo para a construção de um hub de tecnologia africano.

#1 – Marrocos Digital

Marrocos Digital é uma iniciativa do governo destinada a promover o desenvolvimento da economia digital e a melhorar a infraestrutura digital do país, ampliando o acesso à tecnologia.

Lançado em 2016, é liderado pelo Ministério da Indústria, Comércio e Economia Digital de Marrocos. Por meio de seus vários programas e ações está ajudando a criar um ambiente mais favorável para as empresas de tecnologia prosperarem e crescerem.

#2 – Marrocos Tech

Assim como o Marrocos Digital, o Marrocos Tech é um projeto destinado a promover o crescimento do setor de tecnologia nacional. O projeto foi lançado em 2018 e também está sendo liderado pelo Ministério da Indústria, Comércio e Economia Digital de Marrocos.

Um de seus principais objetivos é apoiar o crescimento de startups no país, fornecendo financiamento e outros tipos de apoio para ajudar essas empresas a decolarem e terem sucesso.

De maneira geral, isso inclui oferecer acesso a oportunidades de orientação e networking, bem como treinamentos e educação sobre empreendedorismo e negócios.

Outro aspecto importante é o desenvolvimento de novas tecnologias, promovendo a adoção de ferramentas digitais em vários setores para impulsionar a economia e melhorar a vida do povo marroquino.

Imagem de divulgação do projeto Marrocos Tech.
(Na imagem: divulgação do Marrocos Tech)
(Créditos: Ministério da Transição Digital de Marrocos)

#3 – Maroc Telecom

A Maroc Telecom é uma empresa de telecomunicações que desempenhou um papel importante na expansão da internet e da conectividade móvel em território marroquino.

Como empresa líder nesse setor, seus esforços ajudaram a impulsionar o crescimento econômico ao aumentar o acesso às tecnologias de informação e comunicação e fornecer uma variedade de serviços, tais como internet móvel, fixa e banda larga, para milhões de clientes em todo o país.

#4 – Maroc Numeric Fund

Criada em 2010, como o primeiro fundo de investimento dedicado a startups de tecnologia marroquinas, o Maroc Numeric Fund é uma empresa de private equity que investe em startups de alto potencial no setor de novas tecnologias.

Um de seus principais objetivos é ajudar essas empresas a crescerem e escalarem suas operações, para que possam se tornar bem-sucedidas e criarem mais empregos.

O fundo também visa incentivar maiores investimentos na economia digital marroquina, que é um dos principais impulsionadores do crescimento nacional.

#5 – Moroccan Web Awards

O Moroccan Web Awards é uma competição anual que reconhece e premia os melhores sites e projetos digitais do Marrocos.

O evento, que foi realizado pela primeira vez em 2012, é organizado pela Associação Marroquina de Comunicação Digital (AMCN) e os vencedores são selecionados por um painel de especialistas na área.

Assim, ao promover e celebrar o sucesso das empresas de tecnologia marroquinas, o Moroccan Web Awards está ajudando a aumentar a reputação do país como um centro de inovação e tecnologia.

Imagem com vários troféus da troféus da Moroccan Web Awards e uma bandeira de Marrocos ao fundo.
(Na imagem: troféus da Moroccan Web Awards)
(Créditos: Moroccan Web Awards)

Considerações finais: as implicações da ambição marroquina para a economia africana

A inovação digital e tecnológica está no centro da transformação econômica do Marrocos por meio do crescimento liderado pela inovação, já que o governo marroquino tem planos ambiciosos para se tornar um centro digital internacional e o melhor destino tech na África.

Os desenvolvimentos específicos do setor estão estabelecendo um precedente para um crescimento econômico mais amplo, pois tanto o setor privado quanto o público consideram a adoção de novas tecnologias como uma forma de aumentar a eficiência.

Assim, a construção desse ecossistema é apoiado por um cenário político estável, bem como uma ética de trabalho inovadora, sustentável e responsável.

Dito isso, para a balança comercial africana, esses esforços devem começar a dar frutos muito em breve, guiando o continente em direção a uma economia capaz de impulsionar a próxima onda de inovações globais.

Por último, se assim como Marrocos, você está no caminho certo para crescer e busca novas oportunidades para a sua startup, conheça o G4 Startups e saiba como criar, escalar e sustentar o seu próprio negócio.

New call-to-action

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z