Artigos, Gente & Cultura

Treinamento corporativo: 10 dicas para aumentar o engajamento em sua companhia por meio dele


Ter uma equipe motivada e de alta performance é essencial para um negócio bem-sucedido. O grande desafio é saber como aumentar o engajamento dos profissionais envolvidos e fazê-los, de fato, “vestir a camisa” da sua empresa. Pensando nisso, saiba como os treinamentos corporativos podem te ajudar nesta jornada.

Profissionais mais engajados tendem a produzir mais e passam, consequentemente, a compartilhar também dos mesmos valores e objetivos definidos por uma companhia – tornando-se peças fundamentais dentro de uma instituição.

Para alcançar esse nível de relacionamento empresarial, investir em capacitação profissional é uma estratégia que pode extrair o melhor dos colaboradores e aumentar o seu nível de motivação, trazendo melhores resultados para as organizações.

Mas, atualmente, será que esses treinamentos empresariais estão sendo realizados da melhor maneira?

Segundo pesquisa realizada nos Estados Unidos, apenas 22% da empresas e instituições entrevistadas apresentaram um aumento no número de treinamentos corporativos comparado ao ano anterior, conforme mostrado no gráfico abaixo:

(Na imagem: Mudanças no número de treinamentos corporativos desde 2020)
(Crédito: Statista)

O gráfico ainda ressalta que 55% mantiveram o mesmo número de treinamentos, enquanto 23% reduziram esse número, o que resulta em um total de 78% de organizações que não conseguiram ampliar os treinamentos com seus colaboradores. O que significa que muitos negócios ainda têm dificuldades para fazer uso desse sistema, apesar de seus benefícios.

 Como reflexo deste cenário, muitos funcionários não se sentem parte das corporações a qual pertencem e apresentam um baixo engajamento corporativo. É possível ver isso, claramente, no gráfico a seguir, que denuncia a queda de profissionais engajados no último ano.

 (Na imagem: Engajamento dos trabalhadores pelo mundo de 2011 a 2021)
(Crédito: Statista)

Apesar de mais de 60% da população entrevistada estar envolvida com o seu trabalho, em comparação ao levantamento anterior, nota-se que, à medida que os treinamentos pouco avançaram (apenas 22% de aumento), houve uma redução no número de colaboradores considerados engajados, chegando a níveis pré-pandêmicos.

A relação existente entre esses dois índices demonstra, portanto, a eficácia do treinamento empresarial no engajamento de seus profissionais e as várias vantagens resultantes para as partes envolvidas.

Colaboradores engajados e seus benefícios

O engajamento dos profissionais dentro de uma instituição pode trazer muitos benefícios para organizações de qualquer porte, com o potencial de sanar problemas estruturais e impactar na gestão de desafios. Dentre essas prerrogativas, podemos destacar:

  • A diminuição de turnover, consequentemente maior tempo do colaborador na empresa;
  • O aumento da produtividade, os colaboradores dão o seu melhor no ambiente de trabalho;
  • Maior satisfação pelo que faz;
  • Maior conexão mental e emocional com o trabalho, gerando mais segurança;
  • Diminuição do stress e da ansiedade;
  • Mais felicidade no ambiente empresarial;
  • Melhora na qualidade de vida pessoal;
  • Redução do absenteísmo;
  • Maior lealdade dos profissionais com a empresa;
  • Clientes mais bem atendidos, resultando em uma melhor jornada do cliente;
  • Produtos com maior qualidade;
  • Aumento nas vendas;
  • Lucros maiores, dentre outros.

Na verdade, funciona como um efeito em cascata, em que um benefício gera novos pontos positivos e assim sucessivamente.

Vale mencionar que profissionais engajados são responsáveis por elevar a qualidade e a produtividade de um dado produto ou serviço, conduzindo a uma maior satisfação do cliente e gerando um aumento nas vendas – maior lucratividade significa maior retorno aos acionistas e empresários.

Por isso, investir na capacitação de profissionais é um valor crucial para qualquer negócio, pois possibilita que a companhia se destaque no mercado e atinja patamares mais elevados.

Contudo, para que o treinamento corporativo efetivamente funcione aumentando o engajamento dos colaboradores é necessário envolvê-los e conscientizá-los sobre a sua importância. Como fazer isso? Seguem alguns insights e skills que podem auxiliar nesse processo.

New call-to-action

Dicas de como aumentar o engajamento através dos treinamentos corporativos

O engajamento entre empresas e colaboradores pode ser construído dentro de uma dinâmica prazerosa e efetiva. Para isso, ao realizar treinamentos, é importante ter em mente alguns fatores. A seguir, 10 dicas que merecem ser levadas em consideração.

1. Realize um engajamento pré-treinamento dando aos funcionários motivos para sua participação

Ao participar de um treinamento, os colaboradores precisam entender o porquê de sua participação. Isso os prepara mentalmente e faz com que sejam menos resistentes ao assunto que será abordado.

Ao mesmo tempo, ao terem essa consciência, eles conseguem perceber a importância do que está sendo feito e participam mais ativamente, caso contrário, acharão perda de tempo.

Além disso, é interessante mostrar aos participantes, que determinado treinamento é importante não só para a empresa, mas para ele enquanto profissional, agregando conhecimento e possibilitando possíveis avanços na carreira.

Ao se interessar pelo seu desenvolvimento profissional, o funcionário aumenta seu nível de engajamento e dá prioridade aos treinamentos com comprometimento.   

Ao ver um caminho claro à sua frente, que pode levá-lo ao desenvolvimento profissional, com possíveis cargos e salários mais elevados, por exemplo, o colaborar investe muito mais de si no que está sendo realizado, abrindo-se à aprendizagem em questão.

Importante ressaltar que promessas que não podem ser cumpridas não devem ser realizadas, pois isso trará o efeito contrário e acabará prejudicando a confiança na empresa, levando a um desengajamento total por parte do funcionário.

O treinamento deve ser relevante para toda a equipe e integrar situações reais de trabalho com personalização

Ao programar um treinamento, é necessário assegurar que a equipe participante irá, de fato, beneficiar-se do seu conteúdo. Assim, verifique se ela possui as habilidades necessárias para acompanhar o curso.

Além disso, para tornar a experiência mais dinâmica e envolver ainda mais os participantes, é essencial que se incluíam situações reais de trabalho, sejam a partir de imagens ou discussões.

E, em meio a esse cenário da vida real, a personalização ganha espaço. Quanto mais se cria situações personalizadas, melhor os funcionários respondem a elas. O caminho é manter os participantes no centro do treinamento, instigando o aprendizado e fazendo com que sejam construtores do conhecimento a partir daquilo que já dominam.

Esse processo aumenta a auto-estima e faz o capacitação valer à pena.

3. Prepare um ambiente em prol da aprendizagem

Independente do formato escolhido para o treinamento, seja ele online ou presencial, é imprescindível que o ambiente esteja propício à aprendizagem, com baixos níveis de ansiedade e stress.

Os colaboradores não podem ser intimidados e levados a pensar que não sabem nada e, por isso, estão participando do treinamento. Essa postura pode gerar um bloqueio mental e inibir completamente a aquisição do conhecimento.

O ideal é mostrar que existe sim espaço para a aprendizagem e fazê-los compreender que não são fracassados por não possuírem aquele conhecimento ainda, pelo contrário, foque no quanto se sentirão mais fortes após diminuírem o espaço entre aquilo que sabem e aquilo que irão aprender.

Os treinamentos se tornam um espaço para desenvolvimento de habilidades com iniciativas, humildade e comprometimento, no qual os participantes se tornarão modelos para os outros.

4. Dê voz aos participantes

As metodologias de aprendizagem mais modernas focam nos aprendizes como centro, pois estão neles a chave para o conhecimento. E nos treinamentos corporativos não poderia ser diferente.

É preciso romper as barreiras de métodos top-down e trazer os colaboradores para participarem ativamente dos treinamentos, não só assisti-los de maneira passiva.

Uma forma simples de realizar esse processo é perguntar primeiro para aos participantes o que eles já conhecem sobre determinado tema, pedir que compartilhem exemplos, dêem sugestões, exponham suas ideias e mostrem o que consideram importante na empresa. Eles podem trazer insights surpreendentes e enriquecer ainda mais as dinâmicas.

5. Reconheça os especialistas, quando houver

Não é raro as empresas contratarem consultores externos para a realização de treinamentos. No entanto, muitas vezes elas se esquecem que, internamente, existem especialistas que podem ser capazes de conduzir esses eventos.

Em muitos casos, o treinador interno pode trazer contribuições mais específicas e precisas para determinado público, uma vez que ele já conhece a rotina e o dia a dia desses profissionais.

Além disso, ao utilizar o conhecimento desses especialistas e mostrar para os demais a sua competência, eles são valorizados e incentivados a continuarem se desenvolvendo. Eles se sentem reconhecidos pela empresa e retribuem de maneira genuína, razão pela qual esse é um ótimo recurso a ser utilizado.

6. Premie as conquistas

Assim como no item anterior, reconhecer as conquistas dos seus colaboradores também faz com que eles se sintam valorizados e vistos como indivíduos, o que constitui uma fonte de motivação.

Após um treinamento, é sempre bom mostrar aos participantes que eles foram capazes e estão sendo reconhecidos por isso. Dessa forma, eles se sentem motivados e prontos para novos desafios.

A simples entrega de certificados com um tom um pouco mais solene já acrescenta valor ao desenvolvimento profissional da equipe, mostrando que seus esforços estão sendo apreciados.

7. Utilize diferentes formatos

Os treinamentos corporativos não precisam seguir, necessariamente, o modelo tradicional de ensino: instrutores à frente e participantes sentados. Há diversas maneiras de diversificar esse formato.

Podem ser utilizadas, por exemplo, plataformas de aprendizagem, com desenvolvimento de equipes de trabalho híbridos, que mesclem outros formatos, in company com conteúdos práticos e até mesmo home-based como uma opção a ser combinada com outros formatos, seja individual, em dupla ou em grupos.

Em consonância com essa metodologia, diferentes recursos podem ser utilizados, como: vídeos, internet, post-its, mural, elementos visuais, podcasts e até mesmo objetos reais para envolver o maior número de participantes possível. 

Inúmeros estudos mostram que a diversidade de recursos estimula o aprendizado e o cérebro. Por que não contratar designers instrucionais para oferecer estratégias e atividades que irão diminuir o esforço mental e facilitar a memorização, tornando a experiência de aprendizagem mais rica e efetiva?

8. Gamificação: um recurso extra

Trazer a gamificação para dentro dos treinamentos corporativos significa trazer um pouco de diversão, através de alguns elementos que compõem os jogos, e tornar a experiência mais produtiva e prazerosa.

Através de recursos como contagem de tempo, pontuação, competitividade, colaboração, mudança de nível, objetivos e premiações é possível fazer com que os funcionários fiquem mais envolvidos e desenvolvam também o raciocínio rápido e posturas estratégicas.

Ao gamificar, os colaboradores sabem que serão recompensados de alguma maneira e se sentem mais motivados a participar ativamente do treinamento, valorizando o seu ambiente de trabalho e absorvendo aquele conteúdo de maneira mais eficaz e a longo prazo.

9. Insira os treinamentos como parte da cultura da empresa

Uma maneira excelente de fazer com que os colaboradores respondam positivamente aos treinamentos corporativos é torná-los parte da cultura da empresa.

Não é oferecer treinamentos e obrigar a participação dos funcionários, mas encorajar as pessoas a aprenderem umas com as outras, colocando o aprendizado como prioridade: encorajar discussões e compartilhamento de experiências e conhecimento na solução de problemas.

Assim, expandindo suas visões de mundo, garante-se uma melhor qualidade de vida dentro e fora do trabalho.

10. Avalie o processo

O treinamento não acaba quando o curso termina. Após a sua conclusão, é essencial avaliar e mensurar os resultados derivados de cada ação referente ao aprendizado.

Isso pode acontecer através da análise de indicadores, como: taxa de participação, absenteísmo, avaliações, feedbacks, relatórios e até mesmo por meio de acompanhamento da performance dos participantes.

Não existe certo ou errado ao avaliar um treinamento. O essencial é entender o que faz sentido frente ao contexto organizacional em questão e acompanhar os colaboradores para entender se existiram mudanças efetivas no seu dia a dia.

Assim, tendo boas experiências nos treinamentos, os colaboradores automaticamente se engajam e comentam positivamente sobre eles com seus grupos e setores, gerando um ciclo de interesse que produz crescimento e desenvolvimento que impactam o seu negócio.

O impacto dos treinamentos corporativos

Por fim, importante ressaltar que os programas de treinamentos corporativos podem impactar positivamente as organizações à medida que o seu conteúdo se reflete na performance e nas métricas da empresa, testando os resultados na vida real.

Em suma, focar na criação de uma mentalidade receptiva aos treinamentos e assegurar um ambiente de apoio aos colaboradores, são pontos a desenvolver de um gestor com visão e estratégia.

Por isso, para que as instituições aumentem seus resultados através desses programas, os executivos devem observar o que acontece dentro do local de trabalho primeiro, para depois entender a necessidade de seus funcionários e encaminhá-los às capacitações corretas.

No G4 Educação, você pode investir no desenvolvimento do seu time através do G4 Skills, uma plataforma que avalia os gaps de habilidade dos colaboradores e direciona as trilhas de aprendizagem adequadas para transformar pessoas e gerar resultados expressivos a qualquer negócio.

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z
Banner G4 for Business 01
Banner G4