Artigos, Finanças

Alphabet Inc. Q1 2022 Earning Call: Insights dos resultados da holding do Google


Alphabet Inc. divulga seus resultados do 1º trimestre

Resultados do primeiro trimestre da Alphabet Inc. mostram um conglomerado cada vez mais data-based e focado em desenvolver soluções com Inteligência Artificial.

Com o que as gigantes da tecnologia realmente geram receita? Esse é o período em que normalmente são divulgados os resultados obtidos no primeiro trimestre do ano – e que temos um vislumbre das engrenagens que compõem e movimentam essas empresas.

Em 2021, Amazon, Apple, Alphabet Inc., Microsoft e Meta tiveram, juntas, uma receita combinada de mais de US$ 1 trilhão.

O gráfico “How Do Big Tech Giants Make Their Billions? A Revenue Breakdown Of Tech’s Largest Companies”, divulgado pelo Visual Capitalist, dá uma boa ideia da origem de receita das maiores empresas de tecnologia do mundo. 

(Crédito: Visual Capitalist)

Desse gráfico, podemos analisar:

  • 47,3% da receita da Amazon vem da venda de produtos em suas lojas online;
  • 52% da receita da Apple é por conta do iPhone;
  • 69% da receita entre Google e YouTube, da Alphabet Inc., também vem da publicidade;
  • 31,3% da receita da Microsoft é graças ao Azure;
  • 97,5% da receita da Meta é com publicidade.

Dentre as grandes da tecnologia, faremos o recorte da Alphabet Inc., que divulgou os resultados do primeiro trimestre aos seus acionistas. Diante de todos pontos levantados pelo relatório, alguns merecem destaque:

  1. A Alphabet entende que o modelo de trabalho híbrido está ganhando cada vez mais força – e está investindo em soluções corporativas para isso;
  2. A gigante está fazendo um investimento pesado em novos campi, especialmente para parte de novas tecnologias e Inteligência Artificial;
  3. Ela irá mudar como suas buscas funcionam, especialmente com o “multi search”;
  4. A Alphabet está investindo também em mais soluções ligadas a dados e analytics, em especial com o Big Query;
  5. A companhia entende que o modelo PMAX para search tem tido ótimos resultados;
  6. A Alphabet colocou combustível ao Shorts: já são 30 bilhões de views por dia. Ainda não são monetizados, entretanto, mas a holding já está de olho nisso.

Tudo isso mostra uma tendência clara para o alfabeto digital: inteligência de dados para abastecer sua linguagem e experiência do usuário. 

Os destaques da Alphabet Inc. Q1 2022 Earnings Call

Com base nos pontos destacados, montei um breve resumo com os principais assuntos discutidos no relatório de resultados do primeiro trimestre da Alphabet Inc. Confira:

Aprendizado e trabalho híbrido

A Alphabet Inc., em seu relatório trimestral de resultados, diz que mesmo que mais pessoas retornem às atividades presenciais, é nítido que as abordagens híbridas de aprendizado e trabalho chegaram para ficar.

“Nossos produtos estão ajudando os parceiros a aproveitar essas novas oportunidades que o modelo híbrido traz”. 

Alphabet Inc.

A holding do Google planeja investir até o fim de 2022 aproximadamente US$ 9,5 bilhões em seus próprios escritórios e data centers nos EUA, criando pelo menos 12.000 novos empregos.

Escritórios do Google. (Crédito: Pexels)

Para oferecer suporte ao trabalho híbrido, a Alphabet Inc. avança algumas casas com o Google Workspace. O Google Meet agora pode transmitir ao vivo para até 100 mil pessoas, que também podem participar de perguntas e respostas e enquetes. 

Além disso, o Google Meet passa a ser uma ferramenta integrada aos outros produtos do Drive, como Docs, Planilhas e Apresentações. Você pode ter acesso às salas de reuniões diretamente do projeto em que está trabalhando, sem a necessidade de alternar abas.

Algumas arestas que estão sendo otimizadas, inseridas dentro de contextos inteligentes e melhorando a experiência do usuário. No centro desse caldeirão: Inteligência Artificial.

Leia também: Trabalhar 4 dias por semana: será que a discussão é válida no Brasil?

Inteligência Artificial: multisearch e BigQuery

A tecnologia continua no centro de seus principais produtos de pesquisa e informação. A Alphabet Inc. lançou o recurso “multi search” na Pesquisa do Google neste trimestre. É uma nova maneira de as pessoas encontrarem o que precisam usando imagens e palavras. 

Por exemplo, você pode tirar uma foto de um padrão de camisa e digitar a palavra “verde” para encontrar uma camisa verde com esse padrão.

O BigQuery, segundo o relatório, está ajudando clientes como Kraft Heinz e Mercado Livre a criar experiências do cliente ainda mais customizadas, recorrendo a análise de dados com base em machine learning e Inteligência Artificial. 

Como a plataforma Contact Center AI, que ajudou a The Home Depot a melhorar sua contenção de chamadas em 185%, criando uma experiência de suporte ao cliente mais positiva.

YouTube Shorts

Assim como o YouTube evoluiu de desktop para celular – e isso criou grandes oportunidades para a Alphabet Inc. -, agora a empresa olha para o formato que está trazendo seus melhores números: Shorts.

O YouTube Shorts está agora com uma média de mais de 30 bilhões de visualizações diárias. Isso é quatro vezes mais do que um ano atrás. Os shorts se tornaram globais, lançados em mais de 100 países e agora tem 30 bilhões de visualizações diárias. 

De 2020 para 2021, o número de canais do YouTube que geraram pelo menos US$ 10.000 em receita aumentou mais de 40%. Os pilares para o futuro dessa comunidade certamente passam pelo Shorts e pela TV Conectada. 

“Continuaremos a investir em novas opções de monetização para criadores, além dos anunciantes. E como eu disse antes, testar anúncios em Shorts é encorajado pelos resultados iniciais”.

Alphabet Inc.

Performance Max – campanhas PMAX

A Alphabet Inc. destacou bastante sobre as Performance Max, campanhas munidas de Inteligência Artificial, que permitem que as empresas aproveitem o melhor da automação para obter o melhor desempenho em todo o inventário do Google Ads. 

Desde o lançamento global em novembro, a PMAX teve uma forte adoção por parte dos clientes, principalmente entre empresas menores. 

“A simplicidade da PMAX mostra como estamos passando de um modelo em que as empresas precisavam entender a linguagem complexa de campanhas, palavras-chave, CPC e, assim por diante, para um modelo em que entendemos as metas da empresa e as ajudamos ativamente a atingir seus objetivos de negócios”. 

Alphabet Inc.

As campanhas de Performance Max realmente reúnem o melhor da automação do Google para ajudar os anunciantes a maximizar seu alcance e eficiência em seus canais. 

Usando a mesma entrada, agora é possível veicular campanhas em vários formatos de inventário, expandindo o alcance de um anunciante com o mesmo esforço. Novos recursos ainda foram adicionados às PMAX nesse começo de 2022, incluindo novas metas de aquisição de clientes e novos insights no nível da campanha. 

Um exemplo é a ASSIST CARD, uma empresa líder em assistência em viagens da América Latina, que testou a PMAX pela primeira vez para acelerar sua recuperação na Argentina. 

O teste inicial para impulsionar as vendas resultou em um custo por aquisição 40% menor com uma taxa de conversão 15 vezes maior em comparação com outras campanhas com os mesmos objetivos. 

O que aprender com a divulgação dos resultados da holding do Google?

A Alphabet saiu de uma receita de US$ 182,5 bilhões em 2020 para US$ 257,6 bilhões em 2021, um crescimento de 41% ano a ano, mesmo diante do contexto da pandemia. 

Declarar os resultados para os acionistas funciona quase que uma baliza para os caminhos que qualquer empresa planeja traçar. Então, diante das informações coletadas, o que aprender com o crescimento sustentável da holding do Google?

Testar campanhas do tipo PMAX

Também conhecidas como “campanhas de maior desempenho”, as PMAX combinam Inteligência Artificial com machine learning para atingir melhores resultados em campanhas do Google Ads.

O foco é na automatização. Esse tipo de campanha faz combinações mais assertivas de ativos de anúncios, lances, segmentação, otimização do orçamento e entregas. Paralelamente, possibilita testar diversos formatos e redes da plataforma, tudo em um só lugar.

Dentre seus maiores benefícios:

  1. As campanhas Performance Max garantem maior alcance de anúncios e aumentam as conversões; 
  2. As PMAX usam do resultado da automação e da Inteligência Artificial para maximizar resultados – o recurso utiliza dados de todos os canais do Google para escolher pontos de contato mais valiosos que influenciam na decisão dos clientes;
  3. Elas usam de modelos de Machine Learning são utilizados para estimativas precisas sobre anúncios, público-alvo e combinações que podem apresentar o melhor desempenho;
  4. Esse modelo é muito mais rápido para subir uma campanha utilizando todos os canais disponíveis no inventário do Google.

A Alphabet Inc. está buscando entregar ainda mais insights para as campanhas disponíveis em seus canais, com base em dados, automação e Inteligência Artificial. 

Avaliar a possibilidade de investir no modelo Shorts no Youtube

O Shorts pode ajudar canais a melhorarem suas interações com a base. É o modelo de vídeo curto, um complemento aos canais, com a potência tal qual os Stories exercem sobre o feed do Instagram.

É o espaço para os bastidores. O espaço para os recados. O espaço para quebrar a quarta parede definitivamente e falar com a base, diretamente. Você não precisa de toda a montagem de um vídeo convencional para deixar um breve recado sobre a data do próximo vídeo, por exemplo.

Por outro lado, você pode manter sua base engajada fazendo os Shorts. Mostrando rotina, mostrando o caráter vivo e empírico do dia a dia da sua empresa. Eles podem ser integrados a ações de marketing e promoções.

É a extensão do que acontece na sua grade fixa – e possui a informalidade vista nos Stories. Uma linguagem mais natural e que aproxima o produtor de conteúdo com a comunidade.

Em um ambiente com 30 bilhões de views diários, existem oportunidades para capitalizar.

Trabalho e aprendizado híbridos vieram para ficar

O modelo híbrido para trabalho e para a aprendizagem, segundo a visão da Alphabet Inc., é uma oportunidade para ser investida. 

Nos últimos dois anos vimos o 100% digital explodir nas empresas e nas instituições de ensino. Foi necessário e acelerou um processo administrativo que talvez só aconteceria daqui alguns anos.

A questão é que o recorte do primeiro trimestre da Alphabet Inc. já olha para um modelo de retomada. Sim, o remoto funcionou bem e é uma tendência forte para o futuro, mas a troca humana envolvida nas relações de trabalho esse formato ainda não conseguiu substituir.

Logo, com a gradual reabertura, começaram a surgir os modelos híbridos, aqueles que misturam o formato presencial com o remoto. 

Dessa maneira, empresas e instituições de ensino agora conseguem garantir que seus colaboradores tenham flexibilidade para escolher de onde trabalhar ou estudar, mas com acesso à sua infraestrutura física.

Como passam menos pessoas por dia por esses lugares, os gastos com a manutenção são diminuídos drasticamente, como por exemplo, energia, água, internet, equipamentos. 

É um modelo mais desafiador para gestão estratégica de pessoas, mas que também pode receber muito em troca ao delegar funções e responsabilidades.

Resultados da Alphabet Inc. mostram maior crescimento entre as Big Five

Em meio ao contexto causado pela pandemia, as Big Five ainda alcançaram um aumento significativo de receita. Em 2019 (pré-pandemia), a receita combinada das big techs cresceu 12%. 

No ano seguinte, durante o início da pandemia, as cinco gigantes ainda aumentaram sua receita combinada em 19%. No ano fiscal de 2021, o último fechado, Amazon, Apple, Alphabet Inc., Meta e Microsoft tiveram um crescimento de 27% na receita combinada ano a ano.

A Alphabet, dentre elas, foi a que mais cresceu. 

  • Amazon registrou um crescimento ano a ano de 22%; 
  • Apple registrou um crescimento ano a ano de 33%;
  • Alphabet Inc. registrou um crescimento ano a ano de 41%;
  • Meta registrou um crescimento ano a ano de 37%;
  • Microsoft registrou um crescimento ano a ano de 17%.

Esses resultados só evidenciam o caminho para aquelas que estão tomando a vanguarda em machine learning, Inteligência Artificial e big data. Àquelas que estão usando inteligência de dados para melhorar suas linguagens e experiência do usuário.

A Alphabet entende o contexto pós-pandemia e analisa uma retomada do ensino e do trabalho inseridos em uma realidade híbrida. 

Está investindo pesado em dados e Inteligência Artificial para municiar toda essa nova perspectiva. Seja aprimorando as capacidades de busca do Google, integrando toda sua suíte de produtos, ou com recursos corporativos como o BigQuery e campanhas PMAX.

Em paralelo, o Shorts mostra uma potência fenomenal para o formato de vídeos curtos, cuja essência parece estar democratizada em outras plataformas. São 30 bilhões de visualizações diárias.

A Alphabet Inc. contratou 7.400 pessoas no primeiro trimestre – e a maioria para cargos técnicos relacionados às áreas de produtos na nuvem. 

Entender qual é a linguagem digital – e agora com toda capacidade tecnológica, faz cada movimento baseado em dados e toda a inteligência de insights que possui ao seu dispor.

Se você deseja acelerar o crescimento do seu negócio por meio de conceitos modernos, aplicáveis e validados por alguns dos maiores empreendedores do país, conheça a Imersão e Mentoria Gestão 4.0.

New call-to-action

Glossário do Empreendedor

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z
Banner G4 for Business 01
Banner G4